Acesse

Semana começa com ar mais frio e chuva em algumas regiões; nova frente fria está prevista

Confira como ficam as condições do tempo em todas as regiões brasileiras entre 21 e 27 de agosto

Tempo de leitura: 4 minutos

| Publicado em 21/08/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de Mercado

Confira a previsão do tempo para todas as regiões do Brasil na semana de 21 a 27 de agosto.

Sul

O início da semana deve ser marcado por ar mais frio, com temperaturas mínimas em torno de 10 ºC nas áreas de baixada do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Nos pontos mais altos desses locais, existe a possibilidade de ocorrência de geada.

O tempo muda novamente a partir de terça-feira (22), quando uma nova frente fria leva instabilidades para a região. Há chance de queda de granizo e de rajadas de vento acima de 60 km/h.

O acumulado de chuva deve ficar entre 20 e 40 mm (veja no mapa). Esse temporal pode acabar prejudicando as lavouras de inverno em desenvolvimento (trigo, cevada, aveia, centeio, triticale e canola), assim como em pastagens.

Criadores de aves e suínos devem ficar atentos a possíveis danos nas estruturas das granjas.

previsão do tempo Sul

Sudeste

A semana deve começar com chuvas em São Paulo, devido ao avanço de uma frente fria que vem do Sul. Ela não deve levar chuva volumosa à região, com volumes variando de 20 a 40 mm (veja mapa abaixo).

O tempo fica mais ensolarado entre terça e quinta-feira (24). Já a partir de sexta-feira (25), uma nova frente fria deve avançar sobre o Sudeste, deixando o tempo com mais nebulosidade e chuvoso, derrubando as temperaturas. Nesse período, as máximas em São Paulo ficam em torno de 15 ºC, com mínimas de 11 ºC até domingo (27).

No centro-norte de Minas Gerais, as pastagens seguem prejudicadas pela ausência de chuvas. O tempo mais quente e seco eleva o risco de focos de incêndio no estado.

previsão do tempo Sudeste

Centro-Oeste

Não há chuvas previstas na semana para a maior parte da região. Contudo, volta a chover em algumas áreas (confira no mapa). O volume previsto, de 10 a 20 mm, não garante a boa umidade do solo, porém alivia a situação de estresse hídrico das lavouras e pastagens, amenizando também o calor e a baixa umidade que estavam elevando o risco de incêndios.

A grande amplitude térmica deve ser marcante nos três estados da região, com a temperatura máxima podendo chegar a 40 ºC e a mínima a 22 ºC em Mato Grosso, por exemplo.

O tempo seco associado às altas temperaturas na faixa leste potencializa o risco de incêndio e o estresse térmico em granjas de aves e suínos, assim como para o gado em confinamento.

No geral, o tempo favorece a maturação e a colheita do algodão e a colheita de milho segunda safra, mas segue prejudicando a recuperação das pastagens.

previsão do tempo Centro-Oeste

Nordeste

A estiagem persiste no interior da região, sem previsão de chuva nos próximos dias em boa parte da Bahia, Piauí, centro-sul do Maranhão e interior de Pernambuco. A situação favorece o surgimento de focos de incêndio.

As temperaturas máximas podem chegar a 37 ºC ou 38 ºC, principalmente no Maranhão, oeste da Bahia, Piauí, Ceará e Pernambuco, com mínimas em torno de 20 ºC.

O tempo contribui para maturação e colheita do algodão e colheita do milho segunda safra, mas segue prejudicando a recuperação das pastagens e lavouras de terceira safra em sequeiro.

As chuvas ocorrem apenas no litoral da Paraíba e do Rio Grande do Norte, mas não devem passar de 10 mm no decorrer da semana.

previsão do tempo Nordeste

Norte

A combinação entre calor e umidade provoca chuvas na faixa oeste da região no decorrer desta semana. Os volumes podem variar de 40 a 60 mm (veja no mapa abaixo).

As temperaturas máximas podem chegar a 38 ºC ou 39 ºC no centro-sul da região, com mínimas em torno de 23 ºC.

Persiste a situação de falta de chuvas do Tocantins, deixando a umidade relativa do ar abaixo de 20%, o que potencializa o risco para focos de incêndio, mas contribui para a secagem e a colheita do milho segunda safra.

Com exceção do Tocantins e do extremo sul do Pará, as áreas da região continuam com boa umidade do solo, favorecendo o desenvolvimento das lavouras de terceira safra e pastagens.

previsão do tempo Norte

Canal Rural

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?