Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Queda de temperatura na região Centro-Oeste pode causar hipotermia no gado; saiba mais

Pecuarista deve ficar atento em Mato Grosso do Sul, pois as mínimas estarão em torno de 9º C

Tempo de leitura: 3 minutos

| Publicado em 19/06/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de Mercado

Confira a previsão do tempo para todas as regiões do Brasil nesta semana:

Sul

A semana começa fria em toda região Sul, com risco de geada fraca nos pontos mais altos do Rio Grande do Sul e Santa Catarina e região de General Carneiro (PR), na qual as temperaturas ficam em torno de 0º grau. No decorrer dos próximos dias a tendência é desse ar frio devido a passagem do Ciclone Extratropical perde força. Uma nova frente fria deve chegar ao Rio Grande do Sul nesta terça-feira (20), trazendo chuvas para o estado gaúcho durante sua passagem até dia 22, com volumes em torno de 40 mm.

Essa chuva deve chegar em Santa Catarina e Paraná também entre quinta (22) e sexta (23), com um volume que pode chegar aos 100 mm no Paraná. Após a passagem dessas chuvas um ar mais frio deve predominar em toda a região durante o próximo final de semana, mas sem risco para geada. As chuvas no PR favorecem principalmente o milho 2º safra, na qual em alguns pontos já havia a condição de restrição hídrica no estado paranaense.

Sudoeste

A semana também começa fria em toda região Sudeste, com mínimas nas áreas de baixada em torno de  5º C a 10º C, sem risco para geada nas áreas produtoras. O ar frio deve predominar na semana, perdendo força a partir de quinta-feira (22). Deve voltar a chover em São Paulo na sexta-feira (23), devido ao avanço de uma frente fria que deve atuar durante a semana na região Sul, na qual o volume de chuva esperado deve ficar na casa dos 10 mm em todo o estado paulista. Até o próximo final de semana não estão previstos acumulados de chuva para Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

A colheita do café deve seguir avançando em Minas Gerais e Espírito Santo devido ao tempo mais firme, e as chuvas dos últimos dias amenizou a condição de estresse hídrico nas lavouras de milho 2º safra em boa parte da região paulista e mineira, a situação mais preocupante continua no noroeste de Minas Gerais na qual ainda não estão previstos acumulados de chuva nesta semana.

Centro-Oeste

Nesta segunda-feira (19), ainda terá amanhecer frio em boa parte de Mato Grosso do Sul, sem risco para geada. Porém, o pecuarista deve ficar atento no estado sul mato-grossense com mínimas em torno de 9º C ainda previstas para o início desta semana, o que pode acarretar em problemas como hipotermia no gado. A temperatura deve voltar a subir gradativamente nos próximos dias em todas as regiões, inclusive com o alerta para alta amplitude térmica em Mato Grosso, onde qual as temperaturas máximas podem chegar a 35º C com a temperatura mínima em torno de 17º C.

Volta a chover somente na faixa centro-sul do Mato Grosso do Sul, devido a uma frente fria entre quarta (21) e sexta feira (23), na qual o volume acumulado nesses três dias pode chegar a 40 mm o que ajuda a manter a boa umidade do solo na região. A falta de chuvas em Goiás (faixa leste principalmente) e Mato Grosso (faixa sul) preocupa os produtores de milho 2º safra devido à restrição hídrica.

Nordeste

Chuvas devem se concentrar no Centro-norte do Maranhão, e na faixa leste  nordestina, com volumes previstos na casa dos 70 mm no decorrer da semana devido a atuação das ondas de leste, que leva umidade do oceano para essas regiões. Situação de estiagem persiste no interior da região, sem previsão de chuva para os próximos dias em boa parte da Bahia, Piauí e centro sul do Maranhão, o que deve prejudicar as pastagens e lavouras de milho 2ª safra que se encontram em fase de enchimento de grãos, principalmente as cultivadas em sequeiro, favorecendo também o risco de queimadas.

As temperaturas máximas podem chegar a 34/35ºC principalmente no MA, oeste da Bahia, Piauí e Ceará. Na faixa sul da Bahia, o ar mais frio deve predominar durante os próximos dias com mínimas em torno de 14º C a 16º C.

Norte

A combinação de calor e umidade provoca chuvas por boa parte da região no decorrer dessa semana. Maiores volumes se concentram na faixa centro norte do Pará, Amazonas e estado do Amapá e Roraima, onde pode precipitar até 100 mm nos próximos dias. As temperaturas voltam a subir em todas as regiões gradativamente no decorrer dos próximos dias, com as temperaturas máximas podendo chegar a 35º C no Amazonas, Acre e Rondônia a partir de quarta-feira (21) até o final de semana.

Persiste a situação de falta de chuvas no Tocantins, o que deve impactar na produtividade do milho 2ª safra, que se encontra em fase de enchimento de grãos, já que o solo se encontra ressecado com umidade abaixo dos 30% , principalmente na faixa leste do estado.

Canal Rural

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?