Exportações de frutas brasileiras superam US$ 1 bilhão em 2023

As exportações brasileiras de frutas frescas registraram crescimento de 30,4% em receita em 2023, em comparação ao ano anterior

Tempo de leitura: < 1 minutos

| Publicado em 13/12/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de Mercado

As exportações brasileiras de frutas frescas registraram crescimento de 30,4% em receita em 2023, em comparação ao ano anterior.

Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), de janeiro a novembro, o Brasil exportou quase 940,9 mil toneladas de frutas frescas, 11,9% acima do mesmo período de 2022.

Leia também:

Com esse desempenho, as exportações de frutas frescas do Brasil já superaram a meta de US$ 1 bilhão, prevista para o ano. O recorde anterior, de US$ 1,1 bilhão, foi registrado em 2021.

Algumas das principais frutas exportadas pelo Brasil, como manga, uva, limões e limas, melões e melancias, tiveram bom desempenho neste ano. Inclusive, para a maioria delas, o preço médio (FOB) em dólar aumentou, o que favoreceu ainda mais o desempenho em arrecadação.

Para algumas frutas, como o melão e a melancia, o clima favorável no Nordeste (El Niño) está favorecendo o volume produzido e a qualidade, segundo o Cepea.

Mas, no geral, o principal motivo do bom desempenho brasileiro está nos problemas climáticos enfrentados por países concorrentes, como Peru, Equador e Espanha, que estão com produção reduzida.

Os dados da Secex mostram que os principais destinos das exportações brasileiras de frutas frescas em 2023 foram:

  • Estados Unidos: US$ 382,7 milhões (35,2% do total)
  • União Europeia: US$ 280,2 milhões (25,6%)
  • China: US$ 141,2 milhões (13,2%)
  • Japão: US$ 116,9 milhões (10,8%)
  • Emirados Árabes Unidos: US$ 62,8 milhões (5,8%)

Canal Rural

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?