ApexBrasil e a ABPA renovaram parceria para impulsionar as exportações

Espera-se que, ao longo dos próximos dois anos, a parceira da ApexBrasil e a ABPA gere um impacto direto de mais de US$ 4 bilhões

Tempo de leitura: < 1 minutos

| Publicado em 05/09/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de Mercado

Em uma cerimônia nesta sexta-feira (1º) durante a 46ª Expointer, os presidentes da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), Jorge Viana, e da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Ricardo Santin, formalizaram um acordo para um ambicioso projeto de promoção das exportações de carne de aves e suínos do Brasil.

Com vigência de dois anos, até 2025, o convênio tem como principal objetivo fortalecer o comércio internacional de proteína animal produzida no Brasil.

Leia também:

Espera-se que, ao longo dos próximos dois anos, o acordo gere um impacto direto de mais de US$ 4 bilhões, o que equivale a aproximadamente R$ 20 bilhões, nas projeções de negócios das marcas sob a gestão da ABPA.

No entanto, os benefícios desse acordo não se limitam apenas a números diretos.

Espera-se que os impactos indiretos, que englobam campanhas de promoção, seminários, workshops com importadores e outras ações de imagem, elevem esse valor para quase US$ 15 bilhões (ou cerca de R$ 70 bilhões) anuais.

O convênio delineou diversas metas ambiciosas, que prometem alavancar a presença brasileira no mercado internacional de proteína animal.

Algumas dessas metas incluem a participação em 11 grandes feiras internacionais, a realização de campanhas de promoção em países-chave, a organização de missões comerciais para prospectar novos mercados, a geração de inteligência de mercado para orientar as estratégias do setor e a ampliação do número de empresas exportadoras nesse segmento.

Canal Rural

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?