Vendas de máquinas agrícolas caem 22% no acumulado de 2023

Em outubro, as vendas de máquinas agrícolas no mercado interno somaram R$ 5,053 bilhões, uma queda de 22,7% em relação a setembro

Tempo de leitura: < 1 minutos

| Publicado em 01/12/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de Mercado

As vendas de máquinas agrícolas no Brasil caíram 22% no acumulado de 2023, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

O resultado é puxado por juros altos e queda nos preços das commodities.

Leia também:

Em outubro, as vendas de máquinas agrícolas no mercado interno somaram R$ 5,053 bilhões, uma queda de 22,7% em relação a setembro e de 29,3% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

No acumulado de 2023, as vendas internas renderam R$ 56,031 bilhões, 22% abaixo dos primeiros dez meses de 2022.

As exportações de máquinas agrícolas também caíram em outubro, passando de US$ 146,65 milhões para US$ 137,28 milhões, uma queda de 7,1%.

No acumulado de 2023, as exportações renderam US$ 1,544 bilhões, uma alta de 4,5% ante o mesmo período de 2022.

O presidente da Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas (CSMIA) da Abimaq, Pedro Estêvão Bastos, projeta que as vendas de máquinas agrícolas no Brasil devem fechar 2023 com queda de 20% a 22%.

Os principais fatores que estão contribuindo para a queda das vendas são os juros altos, que tornam o crédito mais caro, e a queda nos preços das commodities, que reduz o poder de compra dos agricultores.

Canal Rural

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?