Temporais além de SP, frente fria e granizo; confira a previsão

A quinta-feira pós-Carnaval será marcada pelas instabilidades em quase todo o país

Tempo de leitura: 3 minutos

| Publicado em 23/02/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de Mercado

Na quinta-feira (23), o tempo ficará firme apenas do centro norte de Minas Gerais ao centro-sul da Bahia, além da região sul gaúcha. Ou seja, as instabilidades predominam nas demais áreas do país. Muitas pancadas de chuva são aguardadas. Assim como o risco de temporais se espalharem para além do litoral norte paulista e potencial para queda de granizo.

Segundo a Climatempo, as chuvas desta quinta pós Carnaval irão ocorrer de maneira mais intensa, com potencial para temporais e com acumulados elevados sobre o norte do Rio Grande do Sul, em Santa Catarina, no Paraná, no Rio de Janeiro, e na metade sul de Minas Gerais. Além disso, as tempestades devem permanecer sobre São Paulo, estado que sofreu com os temporais do último fim de semana — com 44 mortes nas cidades do litoral norte em decorrência de transtornos como deslizamentos de terra, desmoronamentos de casa e inundações.

Leia também:

As chuvas também serão intensas em outros 11 estados brasileiros, segundo a meteorologia. São os casos, por exemplo, do norte do Tocantins, Pará, Maranhão, Goiás, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, litoral da Paraíba, Amapá, Amazonas e Mato Grosso do Sul.

Temporais, rajadas de vento e frente fria

Conforme a previsão do tempo, é preciso ter atenção aos riscos de rajadas de vento, de 40 a 80 quilômetros por hora na média, podendo superar esse valor durante a chuva mais intensa, e raios. A Climatempo não ressalta, no entanto, onde essa ventania poderá ocorrer.

Ainda de acordo com a meteorologia, a quinta-feira irá além de chuvas intensas, temporais e rajadas de vento. Além disso, há alerta para grandes acumulados de água. Inclusive sobre o estado de São Paulo.

“Atenção aos acumulados de chuva, que podem passar dos 100 milímetros entre São Paulo, Minas Gerais e o Rio de Janeiro”, afirma a meteorologista Fabiene Casamento, da Climatempo. De acordo com ela, o mesmo pode acontecer no Paraná, em Santa Catarina, no Tocantins, Piauí, Ceará, Pará, Amazonas e Amapá.

“Boa parte das instabilidades do Sudeste, como em outras partes do país, é oriunda do calor e da alta umidade que vem do mar” — Fabiene Casamento.

A frente fria também consta na previsão do tempo desta quinta-feira. Ela, contudo, ficará mais concentrada no mar, na altura das costas de São Paulo e do Paraná.

“Mas boa parte das instabilidades do Sudeste, como em outras partes do país, é oriunda do calor e da alta umidade que vem do mar e que atua na região, além da circulação dos ventos em altitude”, observa Fabiene.

Baixa pressão e risco de granizo na previsão do tempo

Do Amapá até o Rio Grande do Norte, há, além do calor e da umidade, a contribuição da zona de convergência intertropical (ZCIT). Nesse sentido, tal fenômeno climático se forma pelo encontro dos ventos nos dois hemisférios.

Por outro lado, uma baixa pressão atmosférica, com seu centro entre o Paraguai e a Argentina, auxilia nas fortes chuvas sobre a região Sul e Mato Grosso do Sul. Aliás, além da baixa pressão, somada a um corredor de umidade oriundo das regiões Norte e Sul, há a atuação de um cavado meteorológico nos níveis médios e altos níveis da atmosfera (que é uma baixa pressão relativa e mais alongada).

E todos esses sistemas, somados ao calor, trarão fortes riscos de temporais, e com potencial para queda de granizo em Santa Catarina, no Paraná, no Rio Grande do Sul e em Mato Grosso do Sul. Além disso, acumulados elevados, como mencionados anteriormente, devem cair sobre essa faixa do país.

O risco para granizo também está ativo para outros quatro estados brasileiros. Segundo a previsão do tempo para quinta, isso pode ocorrer em Goiás, Minas Gerais, São Paulo e no Rio de Janeiro.

Canal Rural

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?