Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Operação combate trabalho análogo à escravidão em vinícolas no RS

Trabalhadores resgatados relataram atrasos nos pagamentos dos salários, violência física, longas jornadas de trabalho e alimentos estragados

Tempo de leitura: < 1 minuto

| Publicado em 24/02/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de Mercado

Fonte: PRF/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) resgatou 150 trabalhadores em situação análoga à escravidão em vinícolas da Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul.

A operação, que aconteceu em conjunto com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e a Polícia Federal (PF), aconteceu depois da denúncia de três trabalhadores que fugiram do alojamento onde eram mantidos contra sua vontade.

Segundo informações da PRF, o alojamento não possuía condições básicas para a vida, e os trabalhadores relataram diversas situações degradantes, como atrasos nos pagamentos dos salários, violência física, longas jornadas de trabalho e alimentos estragados.

Os trabalhadores também citaram que eram coagidos a permanecer no local sob pena de pagamento de uma multa por quebra do contrato de trabalho.

O autor dos supostos crimes contra os trabalhadores, um empresário de 45 anos natural da Bahia, foi preso e encaminhado para a Polícia Federal em Caxias do Sul.

A empresa para a qual trabalhavam tem contratos com diversas vinícolas da região.

A maioria dos trabalhadores era da Bahia e recrutados para trabalhar na Serra Gaúcha, mas encontraram uma situação diferente das prometidas pelos recrutadores.

O MTE irá analisar individualmente os direitos trabalhistas de cada trabalhador para buscar a devida compensação.

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?