Moagem de cana-de-açúcar registra crescimento de 16%

Operaram na segunda quinzena de novembro 218 unidades produtoras na região Centro-Sul.

Tempo de leitura: < 1 minutos

| Publicado em 14/12/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

A moagem de cana-de-açúcar na segunda quinzena de novembro registrou crescimento de 46,14%, na comparação com o mesmo período do ciclo passado. Foram processadas 23,90 milhões de toneladas contra 16,36 milhões.

No acumulado da safra 23/24, a moagem atingiu 619,26 milhões, ante 534,14 milhões de toneladas registradas no mesmo período no ciclo 22/23 – avanço de 15,94%, conforme divulgado pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar e Bioenergia (UNICA), nesta terça-feira (12).

Leia também:

Operaram na segunda quinzena de novembro 218 unidades produtoras na região Centro-Sul, sendo 201 unidades com processamento de cana, oito empresas que fabricam etanol a partir do milho e nove usinas flex. No mesmo período, na safra 22/23, operaram 141 unidades produtoras.

Nesta quinzena, 30 unidades encerram a moagem, enquanto no acumulado já se contabilizam 78 unidades. No ciclo anterior, até 30 de novembro, 178 usinas haviam terminado com seu período de processamento. Para a próxima quinzena, está previsto que mais 98 unidades produtoras encerarão a safra.

No que condiz à qualidade da matéria-prima, o nível de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) registrado na segunda quinzena de novembro foi de 132,07 kg por tonelada de cana-de-açúcar, contra 139,60 kg por tonelada na safra 22/23 – variação negativa de 5,40%. No acumulado da safra, o indicador marca o valor de 140,25 kg de ATR por tonelada (-0,61%).

Jornal Cana

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?