Exportadores associados da ABPA projetam US$ 750 milhões após ação em parceria com a ApexBrasil na Gulfood 2023, em Dubai

ABPA & ApexBrasil levaram 22 agroindústrias para a maior feira mundial para o mercado halal, encerrada na sexta-feira

Tempo de leitura: 4 minutos

| Publicado em 01/03/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de Mercado

Encerrada na última sexta-feira (24), a maior ação já realizada pela avicultura brasileira no mercado islâmico gerou centenas de milhões de dólares em negócios de exportações para o Brasil. A informação é da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) que, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), levou dezenas de agroindústrias do setor para Gulfood 2023, maior feira mundial de alimentos voltada para o mercado halal, realizada entre os dias 20 e 24 de fevereiro, em Dubai (Emirados Árabes Unidos).

De acordo com as projeções coletadas junto às empresas exportadoras participantes da ação, os milhares de contatos realizados durante o evento deverão gerar mais de US$ 750 milhões em negócios nos próximos doze meses. Apenas nos cinco dias de evento, foram mais de US$ 50 milhões em vendas realizadas pelas empresas dos setores de aves, ovos e também de suínos (para compradores não-islâmicos).

Leia também:

Para alcançar estes números, a ABPA e a ApexBrasil incrementaram em 20% a área destinada para o setor produtivo brasileiro no evento, que contou com uma infraestrutura superior a 450 metros quadrados. O espaço abrigou 22 agroindústrias do setor: Aurora Alimentos, Avenorte, Avivar, Bello Alimentos, BRF, C.Vale, Coasul, Copacol, Dália Alimentos, Granja Faria, GtFoods, Jaguafrangos, Lar Agroindustrial, Naturovos, Netto Alimentos, Pamplona Alimentos, Pif Paf, Somave, SSA, Villa Germania, Vossko e Zanchetta Alimentos. A Seara Alimentos e a Vibra Agroindustrial também estavam no evento, com estandes próprios.

Além de estrutura para realização de negócios, o espaço contou com uma ampla área de degustação, com o serviço de omeletes e o tradicional shawarma (prato da cultura árabe) de carne de frango e de carne de pato. O objetivo, de acordo com a ABPA, é reforçar junto aos clientes a qualidade e o sabor diferenciado do produto brasileiro. De acordo com a ABPA, foram servidos 5,1 mil shawarmas e 1,7 mil omeletes durante a Gulfood.

O espaço da ABPA no evento também recebeu diversas ações com stakeholders.  Em uma delas, houve uma apresentação do quadro técnico sanitário brasileiro, apresentado pelo Secretário de Defesa Agropecuária do Brasil, Carlos Goulart, com a participação de stakeholders do mercado islâmico.  A associação também recebeu em seu espaço o Secretário de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Roberto Perosa,  e o assessor especial do Ministério, Carlos Ernesto Agostoin.

O público do evento – conhecido pelo forte direcionamento aos decisores de compra de produtos alimentícios – também recebeu mais informações sobre os exportadores e a cadeia agroindustrial do Brasil, por meio de materiais eletrônicos e físicos.

“O espaço da ABPA foi bastante concorrido nesta que foi a nossa décima sétima participação na Gulfood. Diante de um quadro internacional de pressão sobre o comércio internacional de alimentos, importadores de todo o mundo reforçaram sua convicção na capacidade brasileira de apoiar a demanda mundial por carne de frango. Este foi um comportamento notável nos encontros que tivemos durante os cinco dias do evento e reforçam as expectativas de um ano positivo para a avicultura e a suinocultura do Brasil”, analisa o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

Números do mercado halal – O Brasil é o maior exportador do mundo de carne de frango produzida segundo os preceitos islâmicos (halal). Somente no ano passado, foram exportadas 1,983 milhão de toneladas, gerando para o Brasil US$ 3,869 bilhões em receitas de exportações. Os Emirados Árabes Unidos são os maiores importadores, com 444,9 mil toneladas importadas em 2022. 

No total de 2022 (incluindo produtos halal e não-halal), o Brasil exportou 4,8 milhões de toneladas, gerando receitas de US$ 9,7 bilhões para o país.

SOBRE A ABPA – A ABPA é a representação político-institucional da avicultura e da suinocultura do Brasil. Congrega mais de 140 empresas e entidades dos vários elos da avicultura e da suinocultura do Brasil, responsáveis por uma pauta exportadora superior a US$ 8 bilhões. Sob a tutela da ABPA está a gestão, em parceria com a ApexBrasil, das cinco marcas setoriais das exportações brasileiras de aves, ovos e suínos: Brazilian Chicken, Brazilian Egg, Brazilian Breeders, Brazilian Duck e Brazilian Pork. Por meio de suas marcas setoriais, a ABPA promove ações especiais em mercados-alvo e divulga os diferenciais dos produtos avícolas e suinícolas do Brasil – como a qualidade, o status sanitário e a sustentabilidade da produção – e fomenta novos negócios para a cadeia exportadora de ovos, de material genético, de carne de frangos e de suínos.

SOBRE A APEXBRASIL – A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, e visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira, entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil. A ApexBrasil também atua de forma coordenada com atores públicos e privados para atrair investimentos estrangeiros diretos (IED) ao Brasil, com foco em setores estratégicos para o desenvolvimento da competitividade das empresas brasileiras e do país.

SOBRE AS MARCAS SETORIAIS – Os Projetos Setoriais Brazilian Chicken, Brazilian Egg, Brazilian Breeders, Brazilian Duck e Brazilian Pork são mantidos pela ABPA em parceria com a ApexBrasil com o objetivo de promover junto ao mercado internacional as carnes de frangos, de suínos, patos, ovos e material genético produzidos no Brasil. Por meio da participação em feiras, realização de workshops e outras ações especiais de promoção comercial, os projetos valorizam atributos destes setores produtivos – como a qualidade, o status sanitário e a sustentabilidade da produção – e valorizam as marcas internacionais dos produtos, fomentando novos negócios para os exportadores brasileiros. Cerca de 62 empresas participam dos projetos atualmente. Informações sobre como fazer parte dos projetos setoriais podem ser obtidas pelo e-mail Isis.sardella@abpa-br.org.

Notícias Agrícolas

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?