Cooperativa agrícola fatura mais de R$ 7 bilhões em 2022

A cooperativa Frísia também distribui sobras de R$ 109,352 milhões no ano passado, mais do que o dobro do ano anterior, de R$ 52,236 milhões

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 02/03/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de Mercado

A cooperativa Frísia, presente nos estados do Paraná e do Tocantins, atingiu faturamento recorde de R$ 7,058 bilhões em 2022, 36% acima do que a receita do ano anterior, de R$ 5,2 bilhões.

A Frísia também distribui sobras de R$ 109,352 milhões no ano passado, mais do que o dobro do ano anterior, de R$ 52,236 milhões.

Leia também:

A cooperativa tem 1.046 cooperados, dos quais 130 estão no Tocantins, e 1.190 colaboradores.

Os números foram apresentados no último sábado (25), na Assembleia Geral Ordinária (AGO) realizada em sua sede, em Carambeí (PR), e divulgados nesta segunda-feira, 27.

Em nota, o gerente-executivo administrativo e financeiro da Frísia, Nevair Mattos, explica que o resultado foi impulsionado por bons preços das commodities, superiores aos de 2021, maior volume vendido de insumos agrícolas, avanço da produtividade e aplicação do Planejamento Estratégico “Rumo aos 100 anos” – conjunto de ações estratégicas a serem implementadas até 2025, quando a cooperativa completará um século, voltado ao crescimento dos negócios.

“Tivemos aumento da precificação de defensivos e fertilizantes e também de volume. Quando falamos da unidade de sementes, houve crescimento de volume; em volume de leite também tivemos elevação, assim como expansão da área plantada. Então, a gente teve efeito preço e volume que contribuiu para o resultado histórico”, diz Mattos no comunicado.

Em 2022, a cooperativa produziu 313 milhões de litros de leite (ante 290,6 milhões em 2021), 75,7 mil toneladas de produção florestal (abaixo das 89,1 mil toneladas de 2021) e 30,5 mil toneladas de carne suína (ante 30 mil toneladas de 2021). Em relação aos grãos, a Frísia ultrapassou a produção de 1,1 milhão de toneladas (acima das 895 mil toneladas de 2021).

Ainda no ano passado, aprovou a inclusão da atividade de pecuária de corte, para a atuação no segmento tanto com machos holandeses como com raças consideradas tradicionais de corte, como nelore e angus, por exemplo.

A Frísia está presente em 30 municípios no Paraná e no Tocantins, com lojas agropecuárias, armazéns, entreposto de recebimento de grãos, fábrica de ração, unidade de beneficiamento de sementes, unidade produtora de leitões e indústrias de lácteos, trigo e carne suína (sistema de intercooperação). Em breve, estarão ativas uma maltaria e uma queijaria.

A cooperativa também possui as marcas próprias Rações Batavo, Sementes Batavo e Florestal Frísia, promove as feiras Digital Agro e ExpoFrísia e oferece o TRR Frísia, serviço voltado à comercialização de combustíveis. Já pelo sistema de intercooperação Unium, tem o Moinho de Trigo (farinhas Herança Holandesa e Precisa), a Unidade Industrial de Carnes (Alegra), as unidades de beneficiamento de leite (Colônia Holandesa, Naturalle e Colaso) e Energik (usina de bioenergia), e a queijaria Unium, em fase de construção, e está construindo a Maltaria Campos Gerais, em Ponta Grossa (PR).

Canal Rural

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?