Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Plantio de algodão movimenta a economia da região Agreste da Paraíba

Neste sábado (7), é celebrado o Dia Mundial do Algodão, data instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), em reconhecimento à importância da cultura que sustenta mais de 100 milhões de famílias em todo o mundo.

Tempo de leitura: < 1 minuto

| Publicado em 10/10/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

O município de Pirpirituba, no Agreste da Paraíba, possui produção de algodão em três propriedades rurais e a colheita representa um aquecimento importante na economia local. Neste sábado (7), é celebrado o Dia Mundial do Algodão, data instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), em reconhecimento à importância da cultura que sustenta mais de 100 milhões de famílias em todo o mundo.

Vlaminck Saraiva, diretor do Instituto Casaca de Couro, responsável pela usina de beneficiamento do algodão, o dinheiro que os agricultores recebem pela colheita fica nos municípios e aquece a economia local. “A fibra produzida aqui vai para o beneficiamento nos estados do Sul e voltam como tecido para Pernambuco, usado na produção de roupas”, explica.

A parceria entre os agricultores e a usina de beneficiamento do algodão, garante às famílias uma renda segura. Segundo o engenheiro agrônomo, Rinaldo Barbosa, comparada às outras culturas, o algodão ocupa o solo por um período de tempo curto e tem uma produtividade boa, uma hectare de lavoura de algodão tem em média uma produtividade de até 1.500 kg.

De acordo com Vlaminck Saraiva, atualmente, Pirpirituba tem a cadeia de algodão completa. “Os agricultores recebem as sementes de forma gratuita, a gente fornece assistência técnica através da Empaer, do próprio instituto e da Embrapa Algodão de Campina Grande”, afirma.

O agricultor Gilberto Valentim acompanhava o pai na plantação de algodão e atualmente, conta com a ajuda do filho Gabryel. Segundo ele, após a usina o processo ficou bem melhor

A expectativa é que o plantio de Gilberto e Gabryel ultrapasse três toneladas de algodão, em 2023, garantindo assim o sustento da família.

Jornal da Paraíba

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?