Movimentação de Contêineres nos portos privados cresce 4,15% em 2022

Dados são do Anuário Estatístico Portuário da Antaq e podem ser visualizados no DATaPort, o banco de dados do setor portuário da ATP

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 10/02/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de Mercado

Em 2022, os terminais privados de contêiner movimentaram 4,1 milhões de TEUs, o que representa uma variação positiva de 4,15% em relação ao ano anterior. Os dados são do Anuário Estatístico Portuário da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) apresentado nesta quarta-feira (8), em Brasília. As informações completas também podem ser encontradas no DATaPort, o banco de dados do setor portuário da ATP (Associação dos Terminais Portuários Privados), que reúne em uma única plataforma online todos os dados do setor portuário nacional.

A sigla TEU (Twenty-foot Equivalent Unit) refere-se à unidade de medida de um contêiner de 20 pés. Em resumo, um contêiner de 20 pés é um contêiner de 1 TEU, enquanto 1 contêiner de 40 pés é um contêiner de 2 TEUs.

Leia também:

Os terminais privados com a maior movimentação em TEUs foram, respectivamente, a Portonave (SC), com 1,1 milhão de TEUs, a DP World Santos (SP), com 931 mil TEUs e o Porto Itapoá (SC) com 885,8 mil TEUs. O Porto Itapoá também obteve o maior crescimento percentual em movimentação de contêineres entre os TUPs, com aumento de 14,3%. Todos esses TUPs que se destacaram no ano de 2022 são associados da ATP.

O diretor-presidente da ATP, Murillo Barbosa, destaca o crescimento de mais de 530 mil toneladas da movimentação de produtos químicos orgânicos, sendo a maior parte desse aumento devido a importação desses produtos. Segundo ele, outro grupo de mercadorias com grande variação e que merece atenção é a proteína animal, com 444,6 mil toneladas movimentados a mais do que o período anterior, o que representa um crescimento de 17,41%.

“O crescimento da exportação de carne é um ponto positivo. O aumento de 41,4% da exportação desse produto, por meio dos TUPs, para a China é significativo. Os números comprovam que estamos retomando a normalidade em relação à movimentação por Contêiner”, analisa Barbosa.

Os Terminais Privados que movimentam celulose também apresentaram bons resultados em 2022, com crescimento de 8,5% na movimentação de pastas de madeira. O terminal da Portocel em Barra de Riacho (ES) obteve a maior movimentação desse grupo de mercadoria, com 6,9 milhões de toneladas e um crescimento de 5,1%. Além disso, o terminal da DPWorld Santos movimentou 3,7 milhões de toneladas, com crescimento de 19,3%.

Notícias Agrícolas

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?