Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Fertilizantes: Momento é favorável para comprar insumos

Índice evidencia oportunidade de aquisição do pacote de adubo para safra de inverno, de olho no cenário econômico e em uma potencial escalada do conflito de Israel

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 23/10/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de Mercado

O Índice de Poder de Compra de Fertilizantes (IPCF), calculado pela Mosaic, de setembro fechou em 1, patamar melhor que o avaliado no mesmo período do ano anterior, que teve registro de 1,40, o que evidencia o momento oportuno para o produtor rural comprar adubo no Brasil.

Quando fica abaixo de um, o indicador evidencia uma relação de troca positiva para agricultores. Embora muitos já tenham resolvido o pacote para a safra de verão, podem vislumbrar a oportunidade para a de inverno.

Segundo os dados, os fertilizantes a base de fósforo tiveram maior aumento em relação a agosto. A alta em um mês foi puxada pela demanda de vários Estados, enquanto a oferta continua balanceada, já que os preços do Brasil estão menos atrativos em relação a outras regiões compradoras, como Estados Unidos, Europa e Índia.

De acordo com o IPCF, os fertilizantes potássicos mantêm o equilíbrio, resultando em um período de estabilidade em comparação com agosto, quando houve leve acréscimo do indicador por conta da recuperação média de 2,5% do preço das commodities.

“O valor foi puxado pela cana-de-açúcar, com aumento de aproximadamente 6%. Enquanto os preços da soja e do algodão caíram cerca de 1%, os do milho se mantiveram estáveis no nono mês do ano. Notícias sobre um possível embargo indiano na exportação de açúcar e dúvidas sobre como será o clima na colheita brasileira pressionaram o preço dessa commodity. Na soja e no milho, observa-se o mesmo cenário dos meses anteriores, de muita oferta dos grãos proveniente dos Estados Unidos e do Brasil”, aponta o Índice.

De acordo com os dados da Mosaic, a colheita americana e o plantio da safra brasileira têm chamado a atenção do mercado. A safra americana não está apresentando uma colheita tão rápida quanto o esperado, e os plantios brasileiros enfrentam demora devido à falta de chuva, o que tem impactado os preços das commodities.

Outro dado que compõe o IPCF, o câmbio, esteve praticamente estável no mês com leves flutuações em reação aos números internacionais e aversão ao risco pelo mercado. Durante o período, houve variação do preço do dólar com alta de 1%.

Globo Rural

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?