Exportação de carne de frango do Brasil cresce 8,5% no 1º semestre, diz ABPA

Tempo de leitura: < 1 minutos

| Publicado em 11/07/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de Mercado

SÃO PAULO (Reuters) – As exportações de carne de frango do Brasil, maior exportador global do produto, totalizaram 2,629 milhões de toneladas no primeiro semestre de 2023, aumento de 8,5% ante o mesmo período do ano passado, com impulso de grandes importadores como China, Japão, África do Sul e Arábia Saudita.

Seguindo relatório publicado nesta sexta-feira pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), a receita acumulada no primeiro semestre alcançou 5,168 bilhões de dólares, avanço de 9,3% na mesma comparação.

Leia também:

Em junho, as exportações brasileiras de carne de frango alcançaram 446,2 mil toneladas, alta de 3,2%, mas tiveram queda de 6,7% em receitas para 887,5 milhões de dólares.

A China continuou no primeiro semestre como principal destino do produto brasileiro, com 390,7 mil toneladas entre janeiro e junho (+33%), seguido por Japão, com 219,8 mil toneladas (+8,5%), Emirados Árabes Unidos, com 200,1 mil toneladas (-18,3%), África do Sul, com 189,7 mil toneladas (+16,5%) e Arábia Saudita, com 176,8 mil toneladas (+8,4%).

As exportações brasileiras de carne suína alcançaram 589,8 mil toneladas entre janeiro e junho deste ano, alta semestral de 15,6%.

A receita das exportações chegou a 1,413 bilhão de dólares, crescimento de 26,7%.

A China segue com principal importadora da carne suína brasileira, com 214,4 mil toneladas no primeiro semestre (+17,1%).

Notícias Agrícolas

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?