Chuva e luminosidade deixam desenvolvimento do algodão aquém do esperado

Situação se dá especificamente na área produtora de Goiás.

Tempo de leitura: < 1 minutos

| Publicado em 28/03/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

A evolução do desenvolvimento do algodão se dá de maneiras diferentes em áreas produtoras do Brasil. E isso por causa de fatores meteorológicos.

Enquanto há áreas em que a produção se desenvolve por causa da boa umidade do solo, há, por outro lado, localidade que enfrenta desenvolvimento aquém do esperado em decorrência das chuvas e da baixa luminosidade.

Leia também:

Em Mato Grosso, no Maranhão e em Minas Gerais o clima, por exemplo, tem sido propício para o desenvolvimento das lavouras algodão.

Na Bahia, as lavouras apresentam bom desenvolvimento, mas registram atraso devido ao atraso na colheita da soja.

Algodão em Goiás e Mato Grosso do Sul: situações diferentes

Em Mato Grosso do Sul, os cultivos apresentam bom desenvolvimento devido à boa umidade do solo em todo o estado.

Já Goiás, contudo, as lavouras apresentam desenvolvimento aquém do esperado. Isso devido às chuvas e à baixa luminosidade nas lavouras de algodão.  Segundo a previsão, a tendência da semana é de tempo mais aberto, com alguma chuva de forma pontual e isolada — o que deve contribuir para recuperação do algodão nessa região.

Canal Rural

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?