BRF lança campanha para fortalecer Sadia em momento de ganho de fatia de mercado

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 22/08/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de Mercado

SÃO PAULO (Reuters) – A BRF inicia nesta segunda-feira sua maior campanha publicitária para produtos Sadia, com anúncios voltados também para fisgar o público jovem, em momento em que a sua marca líder está com quase 80 anos e voltou a ganhar participação de mercado após anos de concorrência mais acirrada.

Com investimentos de “algumas dezenas de milhões” de reais, a campanha que estreará nesta segunda-feira no intervalo do Jornal Nacional busca reforçar a marca para todos os produtos Sadia, incluindo aqueles de menor valor agregado, como carnes in natura.

Leia também:

A Sadia é líder no mercado de frangos in natura no Brasil, com quase 15% de participação, enquanto lidera o segmento de suínos com 17,9%, tendo ainda mais de 22% em presuntos, 33% em lasanhas, aproximadamente um quarto das vendas de salsichas embaladas e mais de 40% em pratos e lanches prontos.

“Vamos mostrar que a Sadia tem um produto para cada ocasião”, disse o vice-presidente de Marketing e Novos Negócios da BRF, Marcel Sacco, ao comentar o comercial televisivo que terá jingle composto pelo músico Jair Oliveira, o Jairzinho.

Segundo o executivo, a ideia é também “ressignificar” o icônico “S” vermelho da marca, cujas embalagens terão destacado o amarelo característico e o mascote Lek Trek.

“Não vamos relaxar nunca com nenhum público, não abandonamos nossa compradora habitual, as mães, mas além disso estamos reforçando algo… tínhamos deixado de falar com os jovens”, comentou ele, a jornalistas.

Sacco lembrou que nos últimos anos, até meados de 2022, a companhia perdeu “market share” para concorrentes. E que agora a BRF já vem ganhando participação de mercado em todas as categorias.

“Não abrimos mão de crescimento rentável, e estamos felizes com a volta do crescimento do market share”, disse ele, admitindo que a empresa teve no passado recente alguns anos de “distração interna”, quando marcas importantes perderam terreno em um mercado que conta com concorrentes como a Seara, da JBS, e a Aurora.

O vice-presidente da BRF, que tem a Marfrig como principal acionista, admitiu que companhia enfrenta um “desafio gigantesco” com mais marcas concorrentes que crescem com preços baixos.

Mas ressaltou que a dona de marcas como Sadia, Perdigão e Qualy trabalha para seguir relevante, embora tenha ponderado que apenas campanhas publicitárias não resultam em ganho de participação de mercado.

“Esperamos que a marca esteja robusta nos momentos em que seja possível ganhar market share”, disse ele.

Para enfrentar a concorrência, o executivo lembrou que a companhia também conta com produtos em pacotes nos quais o desembolso do consumidor é menor e também com as chamadas embalagens econômicas.

A campanha é lançada também quando a companhia e outras empresas do setor já começam a capturar melhores margens decorrentes de uma queda nos preços de matéria-primas como a soja e o milho diante de safras abundantes no Brasil.

Ele afirmou que, considerando que a BRF trabalha com grandes estoques de grãos, deve ser beneficiada pelos custos declinantes pelo menos nos próximos dois trimestres.

Notícias Agrícolas

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?