Aumento da previsão para moagem de cana em 2023/24

O volume representa um avanço de mais de 600 mil toneladas de cana em comparação com a previsão feita para o ciclo em novembro de 2022

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 02/02/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

Centro-Sul do Brasil deve processar 588,2 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na temporada 2023/24 (com início em abril próximo), afirmou a consultoria StoneX, em relatório.

O volume representa um avanço de mais de 600 mil toneladas em comparação com a previsão feita para o ciclo em novembro de 2022 (587,6 milhões de toneladas).

Leia também:

Caso se confirme, o processamento deve superar em 5,5% a estimativa da temporada atual (2022/23), mantida em 557,5 milhões de toneladas.

Considerando um cenário de chuvas favorável, a StoneX projeta que a produtividade em toneladas de cana por hectare (TCH) avance 4,3% no comparativo entre as safras na região, em 76,2 toneladas por hectare em 2023/24.

Em novembro, a Stonex estimava avanço de 5% no TCH.

“Considerando um atraso na colheita do ciclo corrente, devido ao excesso de chuvas que incidiram na região no terceiro trimestre de 2022, estima-se um crescimento de 1,9% em relação a 2022/23 na área a ser colhida, totalizando 7,77 milhões de hectares”, observou a StoneX.

O mix produtivo, assim como no início do ciclo atual, permanece rodeado de incertezas, segundo a consultoria.

O mix açucareiro do ano-safra 2023/24 foi atualizado de 45,5% para 46%, segundo a StoneX. No ciclo atual (2022/23), a consultoria elevou o mix do adoçante de 45,5% para 45,8%.

estimativa da consultoria para a produção de etanol pelo Centro-Sul do Brasil foi mantida em 31,5 milhões de metros cúbicos no ciclo 2023/24.

O volume representa alta de 6,9% em relação à previsão de 29,5 milhões de metros cúbicos em 2022/23.

“Esperamos que a produção de etanol de milho continue ganhando espaço no mercado de etanol e apresente crescimento anual de 22,2%, totalizando 5,5 milhões de metros cúbicos”, completou a StoneX.

Já a produção de açúcar deve ser 400 mil toneladas acima da previsão de novembro de 2022, em 36 milhões de toneladas em 2023/24 (alta de 4,9% ante 34,3 milhões de toneladas em 2022/23). A consultoria, no entanto, alterou a perspectiva de qualidade da matéria-prima colhida nas temporadas, mensurada em Açúcar Total Recuperável (ATR).

O volume passou para 141,1 kg por tonelada em 2022/23 e para 139,6 kg por tonelada em 2023/24, ante 140,1 kg por tonelada e 139,8 kg por tonelada previstos em novembro.

Canal Rural

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?