Ásia: bolsas fecham em alta, antes de feriados na China e outras partes da região

Na China continental, o índice Xangai Composto subiu 0,76%, a 3.264,81 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,65%, a 2.125,81 pontos, ainda em meio ao otimismo gerado pela reabertura da segunda maior economia do mundo após a abrupta reversão da política de "covid zero" de Pequim, no mês passado.

Tempo de leitura: < 1 minutos

| Publicado em 20/01/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

As bolsas asiáticas encerraram os negócios desta sexta-feira (20) em alta, com investidores mostrando apetite por risco antes de feriados em várias partes da região.

Na China continental, o índice Xangai Composto subiu 0,76%, a 3.264,81 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,65%, a 2.125,81 pontos, ainda em meio ao otimismo gerado pela reabertura da segunda maior economia do mundo após a abrupta reversão da política de “covid zero” de Pequim, no mês passado. Na próxima semana, as bolsas locais não irão operar em função do feriado do ano-novo chinês.

Leia também:

O banco central chinês, o PBoC, deixou nesta sexta-feira suas principais taxas de juros inalteradas, apesar do crescimento econômico relativamente fraco da China no ano passado.

Já o Hang Seng teve alta de 1,82% em Hong Kong, a 22.044,65 pontos, e o sul-coreano Kospi registrou ganho de 0,63% em Seul, a 2.395,26 pontos. Também por causa do feriado chinês, o mercado de Hong Kong só reabrirá na próxima quinta-feira (26). O mercado de Seul, por sua vez, ficará fechado até terça-feira (24), pela comemoração do ano-novo na Coreia do Sul. A Bolsa de Taiwan já não opera há três dias e permanecerá inativa ao longo da próxima semana.

Em Tóquio, o japonês Nikkei subiu 0,56%, a 26.553,53 pontos, com ganhos liderados por ações dos setores aéreo e siderúrgico.

O tom positivo prevaleceu na Ásia, apesar do fraco desempenho das bolsas de Nova York, que na quinta-feira fecharam com perdas generalizadas pelo segundo pregão consecutivo em meio a temores renovados sobre a possibilidade de uma recessão nos EUA.

Na Oceania, a bolsa australiana também ficou no azul. O S&P/ASX 200 avançou 0,23% em Sydney, a 7.452,20 pontos, renovando máxima em nove meses. Com informações da Dow Jones Newswires.

GZH

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?