Agro deve crescer 16,7% em 2023, mas recuar em 2024, aponta Ipea

Setor é impulsionado por safra recorde de soja e milho, mas deve ser impactado por queda na produção de algumas culturas em 2024

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 22/12/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de Mercado

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revisou sua projeção para o valor adicionado (VA) do setor agro brasileiro em 2023, elevando-a de 15,5% para 16,7%.

A estimativa se justifica principalmente pela revisão dos resultados dos trimestres anteriores e por estimativas mais positivas para a produção de cana-de-açúcar e de bovinos no ano.

Leia também:

As taxas de crescimento interanuais do primeiro e segundo trimestres tiveram suas altas revistas de 18,8% e 17,0% para 22,9% e 20,9%, respectivamente.

A principal justificativa para a revisão do crescimento do agro nos trimestres anteriores foi a sequência de revisões positivas para as estimativas de crescimento das produções de soja e milho, que devem apresentar expansão de 26,9% e 18,9% respectivamente.

Os resultados dessas duas culturas foram determinantes para o bom desempenho do setor apresentado nos dois primeiros trimestres do ano.

No que se refere às culturas que apresentam parte significativa de sua colheita no final do ano, destaca-se a cana-de-açúcar, que teve sua estimativa de produção revista de alta de 8,6% para crescimento de 13,5%.

O bom desempenho foi importante para o crescimento apresentado pelo setor no terceiro trimestre e também deve contribuir positivamente para o último trimestre do ano.

Em sentido contrário, a previsão para a produção de trigo sofreu elevada revisão, saindo de um crescimento esperado de 8,2% para uma queda de 11,3%.

No caso dos produtos da pecuária, todos apresentam alta no resultado acumulado do ano até o momento, com destaque para a produção de bovinos, que cresceu 10% de janeiro a setembro em comparação com igual período do ano anterior.

A manutenção do ritmo de abates de bovinos foi o principal motivo pelo qual o Ipea revisou sua previsão, saindo de alta de 7,0% para um crescimento de 10,3%.

Agro deve cair 3,2% em 2024

Para 2024, a expectativa do Ipea é de que o VA do setor agropecuário recue 3,2%.

A estimativa foi feita com base, principalmente, nos novos dados do Prognóstico de Safra do IBGE.

A pesquisa conta com estimativas negativas para a produção de diversas culturas importantes para a lavoura.

Entre as cinco principais culturas, são esperadas quedas de 9,5% na produção de milho, 5,4% na produção de cana-de-açúcar e 4,4% na produção de algodão. Soja e café, em contrapartida, devem apresentar expansão de 0,6% e 8,4%.

Canal Rural

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?