Publicidade

Trigo Balanço Semanal: ritmo de negócios é lento neste começo do ano no Brasil, mas preço segue firme

A primeira quinzena de janeiro chega ao fim com o mercado do trigo brasileiro caminhando a passos lentos. De um lado, os produtores estão restringindo a oferta do trigo de boa qualidade, aguardando por preços maiores no segundo trimestre do ano, período mais crítico da entressafra. De outro, os compradores seguem pouco interessados na aquisição de trigo de menor qualidade e com preços bem indigestos. Além disso, na Argentina, os preços recuaram expressivamente devido a expectativa de uma super safra, assim como na Bolsa de Chicago, que associada a queda do dólar nesta semana, poderia criar certa pressão no cereal nacional. Confira:

Tempo de leitura: 7 minutos

| Publicado em 26/06/2022 por:

Eng. Agrônoma especializada em Administração Agrícola e Comércio Exterior.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A primeira quinzena de janeiro chega ao fim com o mercado do trigo brasileiro caminhando a passos lentos. De um lado, os produtores estão restringindo a oferta do trigo de boa qualidade, aguardando por preços maiores no segundo trimestre do ano, período mais crítico da entressafra. De outro, os compradores seguem pouco interessados na aquisição de trigo de menor qualidade e com preços bem indigestos. Além disso, na Argentina, os preços recuaram expressivamente devido a expectativa de uma super safra, assim como na Bolsa de Chicago, que associada a queda do dólar nesta semana, poderia criar certa pressão no cereal nacional. Confira:

Você precisa ser um assinante para ler essa publicação.

ou

Conheça alguns dos nossos planos abaixo

Assine agora e usufrua dos benefícios.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?