MINUTO DO MILHO: semana começa com preços operando no campo misto

Os futuros do milho na bolsa de Chicago operaram com estabilidade para o contrato março, e uma variação de +1,90% para o vencimento maio.

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 06/02/2024 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

Iniciando pelo Brasil, nesta semana não teremos atualização da Balança Comercial, a qual deverá ser liberada apenas na próxima quinta-feira (15) devido ao feriado nacional de carnaval e Quarta-Feira de Cinzas.

Leia também:

O mês de janeiro trouxe quedas significativas no preço do milho no mercado nacional, reflexo da baixa comercialização do cereal, em conjunto com o rápido avanço do plantio de milho safrinha, o qual não contou com reduções nas estimativas de produção pela Conab.

Na sessão desta segunda-feira (05) os preços da saca operaram no campo misto entre as principais praças de negociação, com uma queda média de 0,3% no Mato Grosso, e uma alta de 1,0% em Goiás.

O clima no país continua no radar, e com o mercado ainda esperando um novo corte nas estimativas do safrinha, o contrato março encerrou o dia de ontem (05) variando +2,07% na B3.

No mercado externo, a semana começou com o USDA relatando a venda de 155 mil toneladas de milho safra 2023/24 para o México.

As inspeções semanais para exportação de milho nos EUA totalizaram 624,295 mil toneladas na semana encerrada no dia 01 de fevereiro. O volume veio bem abaixo da semana anterior, porém acima das 494,00 mil toneladas inspecionadas em igual período do ano anterior.

Até o momento, as exportações do cereal anual superam em quase 4 milhões de toneladas o volume do ano anterior.

Os futuros do milho na bolsa de Chicago operaram com estabilidade para o contrato março, e uma variação de +1,90% para o vencimento maio.

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?