Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

MINUTO DO CAFÉ: dados da Secex indicam exportações brasileiras abaixo do esperado para o período

Nesta segunda-feira (13) tivemos a atualização da Balança Comercial preliminar do mês até a 2° semana de fevereiro.

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 14/02/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

A semana iniciou positiva para os futuros do café arábica na Bolsa de Nova York. Após apresentar uma queda mais expressiva na última quinta-feira (09), o contrato março voltou a subir na próxima sessão e nesta segunda-feira (13) já acumulava uma variação de +2,2%, sendo cotado a 177,50 cents/lp.

O movimento teve início apoiado pela queda do dólar que recuou -1,44% na última sexta-feira (10), e no início da semana girava em torno de R$5,16.

Mas o principal suporte aos preços ainda vem do Brasil, maior produtor mundial de café, onde as chuvas em excesso estão atrapalhando os tratos culturas no campo e colaborando para o aumento nos casos de ferrugem do café, como já comentado em textos anteriores.

Outro ponto de preocupação para o mercado é a queda nas exportações brasileiras em resposta a uma possibilidade de menor oferta.

Nesta segunda-feira (13) tivemos a atualização da Balança Comercial preliminar do mês até a 2° semana de fevereiro. Segundo os dados da Secex, foram exportados apenas 49,02 mil toneladas de café não torrado, um volume 76% menor que o volume total exportado no mesmo mês em 2022.

Ademais, ficamos atentos às previsões climáticas no Brasil. No mapa abaixo podemos observar o acumulo de precipitação nos últimos 7 dias nas principais regiões produtoras do país.

Fonte: NOAA

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?