Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

MINUTO DO CAFÉ: a pressão do setor macroeconômico

O cenário macroeconômico vem sendo o responsável pela recente queda para as commodities agrícolas devido à forte aversão ao risco, principalmente para o café.

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 20/03/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

Iniciamos a semana com atualização da Balança Comercial preliminar do mês no Brasil. Segundo os dados da Secex, até a 3° semana de março foram exportadas 90,014 mil toneladas de café não torrado, representando apenas 44,3% de todo o volume exportado em todo o mês de março em 2022.

Não é de hoje que acompanhamos as exportações do café cada dia mais fracas, uma vez que o cafeicultor ainda tende a segurar o seu produto, e quando realmente necessita negociar acaba optando pelo mercado físico nacional, onde em determinados momentos os preços estão bem mais atraentes.

No mercado físico, vemos que na sexta-feira (17) os preços em Guaxupé/MG saltaram +3,6%, levando a saca de arábica para R$1.140,00.

Quanto aos futuros do café arábica na Bolsa de Nova York, esses vem mantendo sua posição no campo negativo. O contrato maio encerrou a última sessão da semana recuando -1,35%, e deu sequência ao movimento nesta segunda-feira (20) quando encerrou variando -2,46%, cotado a 178,50 cents/lp.

Mesmo com uma alta significativa de +4,18% na última quinta-feira (16), e fundamentos sólidos para com a oferta global do café, as cotações ainda são pressionadas.

O cenário macroeconômico vem sendo o responsável pela recente queda para as commodities agrícolas devido à forte aversão ao risco, principalmente para o café. A atenção está voltada para o banco suíço após o relatório anual de 2022 apresentar certas incoerências financeiras. Mesmo com o anúncio do banco sobre a correção dos erros, as ações do banco já caíram mais de 22% e impulsionaram a alta do dólar.

Nos EUA também temos instabilidades bancárias, que aumentam a preocupação do mercado quanto a uma recessão econômica mundial.

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?