Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

MINUTO DA SOJA: o USDA atualiza os dados das inspeções semanais de grãos para exportação

A soja acumula 1,753 milhão de toneladas inspecionadas até o último dia 22, um volume em igual com o mesmo período do ano anterior, representando recuperação no programa americano.

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 27/12/2022 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

A semana começou com atualização dos dados preliminares da Balança Comercial no Brasil, informado pelo Ministério da Economia. Até a 4° semana de dezembro, o volume exportado de soja somou 1,530 milhão de toneladas, uma diferença de mais de 1 milhão de toneladas do volume total exportado no mesmo mês do ano anterior. Tal cenário reflete a menor demanda chinesa e forte competição com outras origens como Estados Unidos e Argentina.

No mercado físico brasileiro, as negociações de soja também seguem enfraquecidas. De acordo com as indústrias, as aquisições da oleaginosa foram encerradas neste ano de 2022, além disso, os produtores reduziram sua comercialização em prol das festividades e a menor paridade de exportação.

Em Santa Catarina, os preços da saca operaram em queda neste início da semana. Na cidade de Canoinhas a desvalorização foi de -0,6% e em Joaçaba de -0,8%, levando a saca a ser negociada a R$ 170,00 e R$ 173,00, sucessivamente.

Na Argentina, os produtores estão nos seus últimos 4 dias do programa ‘dólar soja’ oferecido pelo governo. Até o momento, as vendas já somaram um volume de 5,117 milhões de toneladas o que, segundo a Bolsa de Comércio de Rosário, representa 74% do objetivo primeiramente estipulado para o programa.

Quanto ao Estados Unidos, temos atualização do USDA para as inspeções semanais para exportação de grãos, onde a soja acumula 1,753 milhão de toneladas inspecionadas até o último dia 22, um volume em igual com o mesmo período do ano anterior, representando recuperação no programa americano.

Ademais, os futuros da oleaginosa na Bolsa de Chicago, encerram a sessão de terça-feira (27) com valorização de +0,22% para o contrato janeiro/23 e de +0,31% para o março/23.

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?