Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

MINUTO DA SOJA: China deverá importar 100 milhões de toneladas de soja em 2023

A China importa soja de duas principais origens, o Brasil e os EUA, com os volumes variando devido aos preços do grão em cada país conforme a época do ano.

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 24/08/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

A semana está trazendo volatilidade para os futuros da oleaginosa na Bolsa de Chicago. Após encerrar a segunda-feira (21) variando +0,55%, o contrato novembro recuou já no dia seguinte (22), com uma nova variação de -1,16%.

O movimento ocorreu devido às avaliações positivas para uma safra acima da média nos EUA, após uma expedição técnica no Meio-Oeste, com os técnicos classificando 59% das lavouras de soja em boas/excelentes condições.

Após uma sessão negativa, as cotações voltaram a subir na quarta-feira (23) e o contrato novembro variou +1,07%. A alta ocorreu após novos dados meteorológicos apontarem que o clima quente e seco deve se agravar para os próximos dias, o que deve resultar na piora das lavouras norte-americanas.

Na manhã dessa quinta-feira (24) o movimento seguiu positivo, e o contrato novembro subia 0,47% em Chicago.

Na quarta-feira (23), o USDA reportou a venda de 100 mil toneladas de farelo de soja safra 2023/24 para destinos não revelados.

Falando um pouco sobre o gigante asiático, durante a conferência do Soy Connext, o vice-presidente da Wellhope Foods Company, Sun Lige, afirmou que as importações da China em 2023 deverão somar 100 milhões de toneladas de soja, número acima do estimado pelo USDA em seu último relatório, de 98 milhões de toneladas.

A China importa soja de duas principais origens, o Brasil e os EUA, com os volumes variando devido aos preços do grão em cada país conforme a época do ano.

No Brasil, a Anec revisou suas estimativas para as exportações de grãos. Segundo a associação, nesse mês de agosto as exportações da soja devem girar em torno de 7,1 milhões e 8,067 milhões de toneladas, prevendo também que as exportações do farelo de soja devem ficar em 2,106 milhões de toneladas. Nas estimativas da semana anterior os números para o farelo de soja eram de 2,051 milhões de toneladas.

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?