Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

MINUTO DA SOJA: Bolsa de Rosário anuncia novo corte na produção da Argentina

A previsão para a safra 2022/23 foi de 20,5 milhões de toneladas, redução de 1 milhão de toneladas ante a estimativa anterior.

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 15/06/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

No mercado externo contamos com atualização do USDA para as vendas semanais para exportação de grãos nos EUA. Entre os dias 02 e 08 de junho foram vendidas 478,400 mil toneladas de soja da safra 2022/23, volume bem acima da semana anterior. Os destinos foram a Espanha, México, Indonésia e Japão.

Ainda no país norte-americano, os futuros da oleaginosa sobrem forte nessa quinta-feira (15), variando +2,85% para o contrato julho na Bolsa de Chicago, isso após encerrar a sessão de ontem (14) recuando -0,79%.

O principal suporte para as cotações veio do clima norte-americano, que segundo o Drought Monitor teve um novo aumento para as áreas de seca no país. Cerca de 51% das áreas plantadas de soja estão sob condições de seca, um aumento de 17 pontos percentuais ante a semana anterior.

Tais condições não favorecem o desenvolvimento das lavouras, agravando as condições de poucas chuvas dos últimos meses.

Descendo para o hemisfério sul, a Bolsa de Rosário anunciou nessa quinta-feira (15) um novo corte para a produção de soja na Argentina. A previsão para a safra 2022/23 foi de 20,5 milhões de toneladas, redução de 1 milhão de toneladas ante a estimativa anterior.

Para o Brasil, a safra recorde e avanço dos trabalhos no campo seguem pressionando os preços da saca de soja no mercado físico, e acompanhamos novas quedas nas principais praças de negociação do país. Em Ponta Porã/MS a saca variou -0,9% na quarta-feira (14), sendo negociada a R$116,00.

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?