Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

MINUTO DO MILHO: plantio de milhos nos Estados Unidos pressiona cotações do cereal em Chicago

A pressão veio  do início nos trabalhos à campo nos Estados Unidos, que segundo o USDA alcançaram 2% do plantio total até o dia 02.

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 06/04/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

Após 3 sessões seguidas de leves quedas, os futuros do cereal passam a cair forte nesta quinta-feira (06) lá na Bolsa de Chicago. O contrato maio (ZCK3) recuou mais de 1% pela manhã e atingiu o patamar de US$ 6,419 por bushel, acumulando uma variação de -2,39% na semana.

A pressão veio  do início nos trabalhos à campo nos Estados Unidos, que segundo o USDA alcançaram 2% do plantio total até o dia 02.

Falando nos Estados Unidos, contamos também com a atualização para as vendas semanais de grãos para exportação. Entre os dias 24 e 30 de março, o volume vendido de milho somou 1,246 milhão de toneladas, 20% acima da semana anterior. Os destinos foram a China, México, Japão, Coréia do Sul e localizações desconhecidas.

Quanto ao Brasil, a quinta-feira (06) é o último dia da semana devido ao feriado de Sexta-Feira Santa. Apesar de encerrar a quarta-feira (05) com valorização de +0,11%, os futuros do milho na B3 voltam a apresentar leves recuos nessa manhã de quinta.

No mercado físico os preços da saca seguiam sem maiores alterações, apresentando apenas pequenos recuos nas praças do Mato Grosso.

Para os trabalhos no campo, a atualização vem da Famasul no Mato Grosso do Sul, informando que o plantio do milho segunda safra no estado chegou a 83,7% do total. Os trabalhos seguem 14,3 pontos percentuais atrasados quando comparamos com o ano anterior.

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?