Acesse

MINUTO DO MILHO: novo corte nas estimativas de produção no Brasil

No estado do Paraná, 2% das áreas já foram colhidas, e os técnicos da Deral classificam 51% das lavouras em boas condições, 32% em condições médias e 17% ruins.

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 23/05/2024 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

Começando pelo Brasil, temos atualização da Conab no campo, informando o início oficial da colheita do milho safrinha no país, puxadas pelo Mato Grosso, Paraná e Mato Grosso do Sul.

No estado do Paraná, 2% das áreas já foram colhidas, e os técnicos da Deral classificam 51% das lavouras em boas condições, 32% em condições médias e 17% ruins.

Tal reporte apresenta uma queda de 6 pontos percentuais nas lavouras em boas condições ante a semana anterior.

Levando em consideração as quebras de safra no Paraná e Mato Grosso do Sul, uma nova estimativa foi feita para a safra brasileira pela Agroconsult, estimando agora um volume de 96,7 milhões de toneladas, cerca de 10,5% abaixo das estimativas anteriores.

Os futuros do milho na B3 encerraram a sessão de quarta-feira (22) operando com estabilidade.

Falando agora do mercado externo, contamos com a atualização das vendas semanais para exportação de grãos nos EUA.

Entre os dias 10 e 16 de maio foram vendidas 911,200 mil toneladas de milho 2023/24, uma alta 23% no volume ante a semana anterior.

Os destinos foram o México, China, Japão, Costa Rica e Panamá.

Para 2024/25 as vendas foram de 305 mil toneladas para o México, Costa Rica e Trinidade e Tobago.

Os futuros do milho tiveram um dia levemente positivo na bolsa de Chicago, com o contrato julho variando +0,70% nesta quarta-feira (22), e o setembro +0,38%.

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?