Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

MINUTO DO MILHO: exportações brasileiras até a 3° semana de fevereiro; conflitos entre Polônia e Ucrânia

Segundo os dados da Secex, até a 3° semana de fevereiro foram exportadas 1,455 milhão de toneladas de milho não moído.

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 20/02/2024 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

A semana começou com feriado nos EUA, o que significa que não houve movimentações na bolsa de Chicago durante a segunda-feira (19).

Na manhã desta terça-feira (20), entretanto, retornando ao normal funcionamento, os futuros do milho operavam no campo positivo, com o contrato março variando +0,72%.

Leve suporte vem das tensões na Europa quanto à importação de grãos ucranianos, especialmente protestos vindos da Polônia, que atualmente bloqueiam a fronteira na Ucrânia. Tal fator pode contribuir para a competitividade do milho norte-americano.

Até o momento nesta temporada, o Ministério da Política Agrária da Ucrânia estima que as exportações de grãos chegaram a 27 milhões de toneladas, enquanto na temporada anterior o volume era de 30 milhões.

Indo para o Brasil, contamos com a atualização da Balança Comercial preliminar.

Segundo os dados da Secex, até a 3° semana de fevereiro foram exportadas 1,455 milhão de toneladas de milho não moído, representando 63,98% do volume total embarcado em todo esse mesmo mês de 2023.

Para os 10 dias úteis, a média diária de embarques foi de 145,517 mil toneladas.

Quanto aos preços do milho, estes seguem lateralizados no mercado físico. O indicador da Esalq variou +0,2% nesta segunda-feira (19).

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?