Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

MINUTO DO MILHO: China segue comprando milho nos EUA

Na quarta-feira (29) o USDA reportou a venda de 204 mil toneladas para o gigante asiático, seguida de uma venda de 178 mil toneladas nesta quinta-feira (30), o que acumula um volume de mais de 600 mil toneladas nesta semana.

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 30/03/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

Aos poucos vemos os futuros do milho se recuperarem na Bolsa de Chicago e ultrapassando novamente US$ 6,50 por bushel para o contrato maio.

Como mencionado anteriormente, um forte suporte às cotações vem das compras chinesas do cereal norte-americano.

Na quarta-feira (29) o USDA reportou a venda de 204 mil toneladas para o gigante asiático, seguida de uma venda de 178 mil toneladas nesta quinta-feira (30), o que acumula um volume de mais de 600 mil toneladas nesta semana.

Quanto as vendas semanais para exportação de grãos entre os dias 17 e 23 de março, essas acumularam um volume de 1,036 milhão de toneladas de milho, tendo como destinos a China, Japão, Colômbia, México e Costa Rica.

No Brasil, a Famasul divulgou seu boletim semanal no Mato Grosso do Sul, informando um plantio de milho 2° safra que já alcança 71,2% da área total. Apesar do avanço na semana, os trabalhos seguem 23,9 pontos percentuais atrasados ante ao ano anterior.

A área estimada para o plantio no estado é de 2,325 milhões de hectares, o que representa um aumento de 5,39% frente ao ano de 2022.

No mercado físico brasileiro, os preços da saca novamente têm variação negativa no dia 29. Em Nova Mutum/MG a saca de milho caiu -0,5% e em Chapecó/SC -1,4%.

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?