Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

MINUTO DO MILHO: China intensifica compras de milho nos Estados Unidos

Nesta quinta-feira (23), tivemos mais um reporte de vendas do país norte-americano para a China, desta vez de 123 mil toneladas de milho, somando mais de 200 mil toneladas vendidas nesta semana.

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 23/03/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

Após abrir a semana no vermelho, os futuros do milho na Bolsa de Chicago conseguem encerrar a sessão de quarta-feira (22) com o contrato maio valorizando +0,54%.

A pressão para a queda das cotações estava vindo da fraca demanda global, em especial a demanda chinesa. Porém, no dia 22 o USDA reportou mais uma venda de milho dos Estados Unidos para a China, um volume de 178 mil toneladas, que serviu para alertar o mercado sobre os movimentos do gigante asiático.

Nesta quinta-feira (23), tivemos mais um reporte de vendas do país norte-americano para a China, desta vez de 123 mil toneladas de milho, somando mais de 200 mil toneladas vendidas nesta semana.

Quanto as vendas semanais de grãos para exportação entre os dias 10 e 16 de março, essas somaram 3,095 milhões de toneladas para o cereal, notavelmente acima da semana anterior. Os destinos foram China, Japão, México, Colômbia e República Dominicana.

Além do suporte nas compras chinesas, nesta quarta-feira o Fed atendeu as expectativas do mercado e elevou a taxa de juros em 25 pontos bases, para 5%.

No Brasil, a Deral informou que o plantio do milho segunda safra chegou a 77% do total no estado do Paraná, um avanço semanal de 16 pontos percentuais mas um atraso de 17 pontos percentuais quando comparado com a temporada anterior. Segundo o Departamento, 99% das lavouras estão em boas condições.

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?