Acesse

MINUTO DO MILHO: avanço dos trabalhos à campo no Brasil são atualizados pela Conab

Em recente atualização da Conab, a colheita do milho verão já atinge 26,3% do total no país, sendo 59% no Rio Grande do Sul, 45% em Santa Catarina, 35% no Paraná, 30% em São Paulo, 23% na Bahia, 11,9% em Minas Gerais e 1% em Goiás.

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 15/03/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

Os futuros do cereal na Bolsa de Chicago encerraram a sessão do dia 14 no campo positivo, com o contrato março variando +0,48% e seguindo o viés altista na manhã de quarta-feira (15). O suporte continua vindo das incertezas sobre a renovação do acordo de grão no Mar Negro.

Também na terça-feira (14), o USDA informou a venda de 612 mil toneladas de milho para a China.

Falando sobre o Brasil, temos atualização da Balança Comercial parcial do mês, onde até a 2° semana de março foram exportadas 731,769 mil toneladas de milho, volume que já supera as 14,278 mil toneladas exportadas durante todo o mês de março de 2022.

Deste montante, as exportações de milho para a China foram de apenas 70 mil toneladas, apresentando uma queda significativa quando comparamos com o mês de janeiro deste ano, onde foram exportadas 983,7 mil toneladas para o gigante asiático.

Em recente atualização da Conab, a colheita do milho verão já atinge 26,3% do total no país, sendo 59% no Rio Grande do Sul, 45% em Santa Catarina, 35% no Paraná, 30% em São Paulo, 23% na Bahia, 11,9% em Minas Gerais e 1% em Goiás.

Quanto ao plantio do milho safrinha, este atingiu 72,5% do total, sendo 95,8% no Mato Grosso, 95% em Tocantins, 90% em Goiás, 80% no Maranhão, 31,7% em Minas Gerais, 60% no Piauí, 43% no Mato Grosso do Sul, 40% no Paraná e 12% em São Paulo.

Em atualização da Deral, as lavouras no estado do Paraná estão classificadas 99% em boas condições e apenas 1% em médias condições.

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?