Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

MINUTO DO CAFÉ: mercado segue apoiado por dados do Brasil

A CONAB liberou o seu 1° Levantamento da Safra 2023, apontando uma estimativa produtiva em torno de 54,94 milhões de sacas.

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 24/01/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

Deste o dia 12 desse mês, acompanhamos o café surfar em uma onda positiva, tanto no mercado físico do Brasil quanto na Bolsa de Nova York.

Os futuros do café arábica na ICE somaram uma alta de +9,83% nas última 7 sessões, encerrando esta segunda-feira (23) com o contrato março (KCH23) cotado a 158,55 cents/lp. No mercado físico brasileiro, os preços da saca também voltam a valorizar. Em Minas Gerais a média dos preços teve variação semanal de +5,6%, saindo de R$ 953,00 para R$ 1006,50. O indicador da Esalq seguiu a mesma tendência e variou +7,5%.

Após quedas significativas nos preços, o mercado se estabiliza com dados importantes que foram liberados no Brasil, maior produtor mundial de café. A CONAB liberou o seu 1° Levantamento da Safra 2023, apontando uma estimativa produtiva em torno de 54,94 milhões de sacas.

No ano de 2022, a produção de café no país foi de 50,92 milhões de sacas, havendo então um aumento de 4 milhões de sacas para esse ano. Apesar de positivo, essa diferença não foi o suficiente para acalmar o mercado quando falamos de oferta global, afinal, o USDA está estimando uma produção brasileira de 62 milhões de sacas. Com uma diferença tão significativa, os preços ganham um forte suporte.

Nesta segunda-feira (23), tivemos também a atualização da Balança Comercial preliminar do mês, com dados compilados até a 3° semana de janeiro pela Secex. Para o café não torrado, as exportações somaram 121,081 mil toneladas, abaixo dos 178,051 mil acumulados no mês de janeiro em 2022.

Também no resumo diário da Cecafé, podemos observar que o total exportado até o dia 23 está abaixo do volume que foi embarcado para o mesmo período do ano anterior. Em mesmo momento de janeiro em 2022, o volume era de 2,374 milhões de sacas, enquanto neste ano está 2,260 milhões de sacas.

No mercado externo, compradores já estão de olho nos estoques certificados da ICE, os quais estavam em 858,847 mil sacas até o dia 23 de janeiro.

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?