Acesse

Veja as cotações dos mercados abaixo:

Veja as cotações dos mercados abaixo:

MINUTO DA SOJA: oleaginosa segue em queda na Bolsa de Chicago

Falando um pouco sobre o Brasil, a Deral informou que o plantio da soja 2023/24 chegou a 6% do total da área no Paraná até a última segunda-feira (18), um bom avanço devido a umidade favorável no solo.

Tempo de leitura: 2 minutos

| Publicado em 21/09/2023 por:

Engenheira Agrônoma | Analista de mercado

Diferente do milho, os futuros da soja não estavam indo bem na Bolsa de Chicago, apesar da leve alta de ontem (20), e seguem recuando forte com uma queda de -1,73% nesta manhã de quinta-feira (21).

A alta de quarta-feira (20) foi apoiada devido a valorização do farelo de soja, após informações de que as processadoras da Argentina estão operando com apenas 30% da sua capacidade, podendo chegar a apenas 10% até o final do ano, preocupando assim o lado da oferta do derivado.

Entretanto, o suporte ficou fraco frente às pressões vindas da baixa demanda pela soja norte-americana, que se torna cada vez menos competitiva com o aumento nas taxas de frete marítimo causadas pelo baixo nível do Rio Mississipi.

Segundo o USDA, as vendas semanais para exportação entre os dias 8 e 14 de setembro para a soja foram de 434,100 mil toneladas safra 2023/24, com destinos para a China, Holanda, Japão, Indonésia e Egito.

Na quarta-feira (20) o USDA reportou a venda de 120 mil toneladas de soja safra 2023/24 para destinos desconhecidos.

Falando um pouco sobre o Brasil, a Deral informou que o plantio da soja 2023/24 chegou a 6% do total da área no Paraná até a última segunda-feira (18), um bom avanço devido a umidade favorável no solo.

No mercado físico os preços recuam nesta quarta-feira (20), e vemos uma variação diária de -1,2% em Dourados/MS, -2,3% em Patos de Minas/MG e -2,4% em Ponta Grossa/PR.

TAGS:

Acesse todos os nossos conteúdos

Publicidade

Publicidade

Seja um assinante e aproveite.

Últimas notícias

plugins premium WordPress

Acesse a sua conta

Ainda não é assinante?