Algodão: Balanço semanal, cotação do produto continua em queda

  • 14/06/2019
  • 6
  • Categoria(s): Notícias Agrí­colas |

Algodão

Quase ao fim da primeira quinzena de junho, os índices do mercado do algodão continuam apresentando queda. Segundo as dados do Cepea/Esalq a média mensal de maio do preço do algodão pluma com prazo de pagamento de 8 dias fechou com índice de ...

R$ 2,8822 centavos de reais por libra-peso. Já em junho, a media parcial mensal está em R$ 2,8355/libra-peso, redução de 1,62%. O valor marcado no Cepea dia 13/06 foi de 2,8041 centavos de reais por libra-peso, ou seja, R$ 92,72/@...

O preço do algodão pluma de prazo a vista ficou em R$ 92,80/@ no dia 13/06. Uma variação mensal acumulada de -2,36%. O algodão com prazo de 15 dias foi cotado em R$ 93,20/@ e o algodão 30 dias ficou em R$ 94,21/@.

A boa produtividade da safra 2018/19 fez com que o mercado aquecesse e os preços baixassem, apesar dos vendedores estarem bastante flexíveis em relação ao preço neste mês de junho, os compradores por sua vez estão fazendo preços muito abaixo do esperado dificultado os fechamentos de contratos.

Além do mais, na última terça feira dia 11/06 a Companhia Nacional do Abastecimento (Conab) divulgou a estimativa de várias culturas para a próxima safra, dentre elas está o algodão, cujo crescimento tem uma previsão de 33,4% em relação ao ano anterior que foi de 2 milhões de toneladas, o volume esperado para o próximo ciclo é de 2,6 milhões de toneladas do algodão pluma.

Embora a queda dificulte a comercialização para alguns vendedores, outros aproveitam a valorização do dólar frente ao real para anteciparam as vendas, inclusive da safra futura. No Mato Grosso, por exemplo, 76% da safra 2018/19 já está negociada e 36,3% da produção 2019/20 também já tem seus contratos fechados (Imea).

Em relação à Bahia, segunda maior produtora de algodão do Brasil, atrás apenas do Mato Grosso, a produção para a safra 2019/20 é de uma estimativa de crescimento de 15%, o levantamento foi divulgado pela Abapa (Associação Baiana dos Produtores de Algodão). Em volume, a quantidade prevista é de 1,5 milhões de toneladas (caroço e pluma), a produtividade média é de 300@/hec.

A destinação do algodão baiano é de 40% exportação, em sua maioria para países asiáticos como Indonésia, Bangladesh e Vietnã e 60% para as indústrias têxteis brasileiras.

No mercado internacional, os últimos dados apresentados nos relatórios da USDA preveem que o resultado final da safra mundial 2018/19 da pluma será de 25,79 milhões de toneladas. Para 2019/20 o número de produção esperado é de 27,32 milhões, um crescimento de quase 6%.

Embora a oferta do algodão aumente o consumo mundial também vem no embalo do crescimento, deste modo, o consumo estimado para 2019/20 é de 27,42 milhões de toneladas, o que resultaria num pequeno déficit estimado até o momento em 0,36%.

É por esta e outras razões que cada vez mais os produtores estão buscando novas tecnologias e novas formas de consumo que visem otimizar a produção, aumentando o rendimento da cultura e a lucratividade.

Faça seu cadastro agora e acompanhe as análises de mercado de trigo, milho, soja, laranja, café, cana de açúcar, algodão, arroz e derivados. Você terá acesso gratuito por 7 dias. Após este período, poderá acessar ainda GRATUITAMENTE, nossas matérias abertas; agroindústria, logística, carnes, conjuntura de grãos e conjuntura econômica. É rápido e descomplicado. Um pé no campo e outro nos negócios. Basta clicar aqui.

Veja Mais
Destaques da Economia Brasileira (de 09 a 13/12)
Defensivos Agrícolas: Estudo da Anvisa afirma que o consumo de alimentos com o uso de agrotóxicos são seguros no Brasil
Carne vermelha: de onde vem o sabor e de que parte do boi vem o bife?
Fertilizantes: A adubação verde e suas vantagens
Agricultura Digital ou Agricultura de Precisão? Entenda os conceitos das novas tecnologias para o campo

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo