Soja brasileira é valorizada frente ao posicionamento dos EUA

  • 23/05/2019
  • 5
  • Categoria(s): Mercado de Soja |

No contexto comercial mensal da soja brasileira, pode ser visualizado valorização de 5,55% no indicador cepea de Paranaguá e de 4,63% no cepea Paraná. Este cenário... (Efetue o Login ou Cadastre-se para continuar lendo).

No contexto comercial mensal da soja brasileira, pode ser visualizado valorização de 5,55% no indicador cepea de Paranaguá e de 4,63% no cepea Paraná. Este cenário ótimo para a soja brasileira reflete o contexto político mundial, principalmente motivado pela cotação do dolar acima dos R$ 4,00, fator atrativo a exportação, totalizando já cerca de 33 milhões de toneladas da safra 2018/19.

Porém, o comércio externo da soja brasileira foi abalado hoje, pois apesar da valorização na bolsa de Chicago, a leve queda do dólar que finalizou ontem cotado a R$ 4,04, com prêmio mais baixo, desacelerou as exportações, a qual até dia 10 de maio obteve um montante de venda de 58% da sua produção, valor abaixo do praticado na safra passada que, na mesma época, já havia comercializado 64% da produção e abaixo também da média dos ultimos cinco anos que situa-se em 61%.

Além disso, a informação de que o Donald Trump estaria para anunciar um plano de auxílio aos seus produtores, para minimizar as perdas provenientes da guerra comercial com China, pressionou o mercado externo.

Apesar da baixa movimentação de vendas de soja, as cotações futuras estão em alta no comércio interno, assim como no externo. Porém, hoje no preço de venda de balcão já foi possível observar redução na maioria dos estados brasileiros, inclusive no indicador Cepea/Paranaguá onde observa-se queda de 2,1%.

TABELA AFNEWS DE PREÇOS DA SOJA HOJE NO BRASIL

TABELA AFNEWS DE COTAÇÕES DA SOJA NA BM&F