Cotações do milho em Chicago sob influência do clima e do relatório USDA

  • 13/05/2019
  • 6
  • Categoria(s): Milho |

As cotações do milho no mercado futuro, em Chicago, fecharam a sexta (10) em queda, após o USDA divulgar projeções de estoques finais bem acima do esperado pelo mercado... (Efetue o Login ou Cadastre-se para continuar lendo).

As cotações do milho no mercado futuro, em Chicago, fecharam a sexta (10) em queda, após o USDA divulgar projeções de estoques finais bem acima do esperado pelo mercado.

Em seu relatório mensal de oferta e demanda mundial (Wasde), divulgado na sexta (10), o USDA projetou os números para a safra 2019/20 de milho.

Nos EUA, segundo o USDA, os estoques finais da safra 2019/20 estão projetados em 63,13 milhões de tons, incremento de 9,9 milhões de tons em relação à safra 2018/19. Na Argentina, os estoques foram aumentados em 1,51 milhão de tons e a produção para 49 milhões de tons, no Brasil a produção foi aumentada para 100 milhões de tons.
No âmbito global, as projeções apontam para aumento na produção de 14,78 milhões de tons, a demanda com aumento de 12,67 milhões de tons, o que poderá resultar em 314,71 milhões de tons em estoques finais.

Os preços também receberam pressão adicional pelas previsões de melhora no clima do cinturão agrícola de milho dos EUA. As áreas que estavam inundadas, sob regime de fortes chuvas nas últimas duas semanas, agora recém trégua do clima úmido e há previsão de sol e clima seco para as próximas semanas, segundo o Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA.

TABELA AFNEWS DE PREÇOS DO MILHO EM CHICAGO

TABELA AFNEWS RELATÓRIO USDA-MILHO SAFRA 2018/19

TABELA AFNEWS RELATÓRIO USDA-MILHO SAFRA 2019/20





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo