Café: mercado doméstico tem alta impulsionado pelas bolsas internacionais

  • 07/02/2019
  • 10
  • Categoria(s): Mercado do Café |

Pngtree

O mercado brasileiro de café teve uma quarta-feira, dia 6, de preços mais altos. 

mercado brasileiro de café teve uma quarta-feira, dia 6, de preços mais altos. As elevações nas bolsas de futuro (Nova York e Londres) combinadas com a subida do dólar garantiram a sustentação das cotações no físico nacional. “Mas o dia foi de negociações pontuais, sem maior ritmo”, destacam analistas da Safras & Mercado.

CAFÉ NO MERCADO FÍSICO – POR SACA DE 60 KG

  • Arábica/bebida boa – Sul de MG: R$ 415 a R$ 420
  • Arábica/bebida boa – Cerrado de MG: R$ 420 a R$ 425
  • Arábica/rio tipo 7 – Zona da Mata de MG: R$ 355 a R$ 360
  • Conilon/tipo 7 – Vitória (ES): R$ 300 a R$ 305
  • Confira mais cotações

 

Em Nova York, o café arábica encerrou as operações com preços mais altos após dia volátil. Sem novidades no campo fundamental mais uma vez, fatores técnicos predominaram.

As cotações caíram em parte do dia, com a alta do dólar contra o real e outras moedas pressionando o arábica em NY. Entretanto, os preços acabaram reagindo acompanhando a valorização do petróleo, segundo o consultor de Safras & Mercado Gil Barabach.

Houve uma menor aversão ao risco nas commodities, com o mercado acreditando em notícias mais positivas das relações EUA-China. Assim, o petróleo e outras commodities também avançaram.

A BOLSA DE NOVA YORK (ICE FUTURES US) – POR LIBRA-PESO

  • Março/2019: US¢ 105,50 (+0,65 cent)
  • Maio/2019: US¢ 108,55 (+0,60 cent)

Na Bolsa de Londres, o robusta fechou com preços mais altos. Segundo traders, os preços subiram acompanhando a valorização e recuperação registrada para o arábica em NY.

Ganhos para o petróleo contribuíram para a reação nas cotações do robusta londrino.

Não houve novidades fundamentais que inspirassem os ganhos.

CAFÉ ROBUSTA NA BOLSA DE LONDRES (LIFFE) – POR TONELADA

    • Março/2019: US$ 1.556 (+US$ 21)
    • Maio/2019: US$ 1.573 (+US$ 16)

Fonte:canalrural.uol.com.br

Veja Mais
Mercado do Café: cooperativa estimula produtor a melhorar qualidade do pós-colheita
Café: maior produtor nacional, Minas Gerais deve ter quebra de 34% em 2020/21
Café - Balanço Anual 2020: mesmo com oferta aquecida e bienalidade positiva, café arábica subiu 30% na média anual em relação a 2019
USDA: Produção mundial de café deve aumentar 4,15% na safra 2020/21
Café – Balanço Semanal: Cotações sofrem desvalorização por conta da queda do dólar

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo