Minuto Trigo | Mais de 70% do trigo argentino para exportação está negociado

  • 06/02/2019
  • 3
  • Categoria(s): Notícias Agrí­colas |

AF News - Notícias Agrícolas

Apesar da produção recorde de 19 milhões de tons de trigo...

Apesar da produção recorde de 19 milhões de tons de trigo, os preços do cereal argentino fecharam o mês de janeiro em alta e adentram fevereiro no mesmo ritmo. A previsão de um ano comercial com menor oferta no contexto internacional é o principal argumento por trás do aumento. O início da campanha de comercialização 2018/19 na Argentina registrou uma entrada recorde de trigo nos terminais portuários da Gran Rosário nos meses de dezembro de 2018 e janeiro de 2019. No total, 4 milhões de tons foram embarcadas, 700.000 tons a mais do que nos dois primeiros meses da temporada passada e 20% acima do recorde anterior alcançado no ciclo 2016/17. A escassa disponibilidade de trigo para o segundo semestre do ano comercial ativa o alerta para os preços futuros, e um novo impulso ascendente pode ser visto na segunda metade do ano. Hoje, no mercado futuro argentino MATBA, o futuro com vencimento em março/19 está sendo negociado a US$ 221,00/ton, enquanto o contrato de julho fechou em US$ 231,00/ton. Em linha com o exposto, as compras do setor exportador alcançaram um volume recorde histórico para esta altura do ano de 9,7 milhões de tons, ou seja, 51% da produção estimada e 70% do volume disponível para exportação. Assim, considerando o volume de 14 milhões de tons disponível para exportação, conforme projeção do USDA e da Bolsa de Cereales, o trigo disponível para exportação nos próximos 9 meses equivale a apenas 4,3 milhões de tons, o que reforça o receio de uma escassez de produto no estoque até o início da próxima safra.





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo