Fatores Climáticos: volume de chuva aumenta em parte do país neste fim de semana

  • 06/11/2020
  • 0
  • Categoria(s): Notí­cias Populares |

Fatores Climáticos

Além disso, sistema se forma no norte do Paraguai e leva precipitações a áreas onde não estava chovendo até agora. Saiba mais detalhes:


Patrocinado

Sábado, 7

Sul

Os ventos que sopram do mar e a formação de uma área de baixa pressão atmosférica ajudam a manter muitas nuvens e eventual chuva fraca ao longo do litoral sul do Rio Grande do Sul. Além disso, há previsão para rajadas de vento de até 50 km/h em todo o litoral gaúcho e catarinense. Nas demais áreas, não há condição para chuva.

Pela manhã, o frio diminui e já não há mais condição para temperaturas baixas o suficiente para formar geadas na serra catarinense. Se formam nevoeiros na faixa leste dos três estados. As temperaturas entram em rápida elevação em toda a região.

Sudeste

O tempo instável se concentra em grande parte de Minas Gerais, norte do Rio de Janeiro e Espírito Santo, por causa da influência de uma frente fria no oceano. Enquanto isso, o território paulista e Triângulo mineiro ainda seguem com tempo firme, predomínio de sol e umidade relativa do ar já abaixo dos níveis críticos. Em São Paulo, não chove nem no litoral, mas o dia pode amanhecer com nevoeiros e restrição da visibilidade.

Centro-Oeste

Durante o fim de semana, pouca coisa muda no padrão de tempo. No sábado, a chuva fica restrita ao centro e norte de Goiás, Distrito Federal e centro e norte de Mato Grosso, inclusive com risco de temporais em Brasília. Enquanto isso, as demais áreas seguem com tempo firme e calor intenso, por causa de um centro de alta pressão atmosférica sobre Mato Grosso do Sul.

Nordeste

A chuva perde bastante intensidade na região, com os temporais ficando restritos neste sábado a áreas da Bahia, sul do Maranhão e Piauí.

O tempo firme predomina e as temperaturas sobem mais no período da tarde, desde o sertão da Paraíba até o nordeste do Maranhão. No litoral da Bahia, dia começa com nevoeiros e ventos ganham força no fim da tarde com até 50 km/h.

Norte

A chuva perde intensidade, mas ainda acontece acompanhada por trovoadas em boa parte da região Norte do Brasil, com maiores volumes concentrados no Amapá, Pará, Amazonas e Roraima. Chuva volta a ganhar espaço em Rondônia, por causa de instabilidades que sopram em níveis mais altos da troposfera.

Domingo, 8

Sul

Áreas de instabilidade no alto da troposfera, em conjunto com a umidade do mar, favorecem a formação de nuvens carregadas e pancadas de chuva isoladas na faixa leste dos três estados, que ainda ficam com visibilidade restrita devido às condições favoráveis para formação de nevoeiro. Há previsão para rajadas de vento no fim do dia no leste gaúcho com até 50 km/h. Nas demais áreas o tempo firme segue predominando.

Um sistema de baixa pressão atmosférica no norte do Paraguai começa a ganhar intensidade e consegue provocar pancadas isoladas de chuva no noroeste do Rio Grande do Sul.

Sudeste

Pouca coisa muda no padrão de tempo. O dia começa com chance para névoa úmida/nevoeiro em toda faixa leste paulista, devido às baixas temperaturas da manhã combinadas à alta umidade.

A frente fria atua na altura do Espiríto Santo e mantém o tempo mais encoberto e com chuva a qualquer momento em todo território capixaba. Chove de forma pontual também no Rio de Janeiro, leste e centro-norte de Minas Gerais e no Vale do Paraíba, em São Paulo. Nas demais áreas paulistas e no Triângulo mineiro, o tempo firme segue predominando.

Centro-Oeste

Um novo corredor de umidade se forma e atua desde a região amazônica passando pelo Centro-Oeste do Brasil. Com isso, a chance para temporais isolados aumenta em praticamente todo o estado de Mato Grosso e Goiás, onde não se descarta o potencial para chuva com trovoadas, ainda que de forma pontual. Na região sul de ambos os estados, assim como em Mato Grosso do Sul, o tempo firme segue predominando. Temperaturas seguem elevadas.

Nordeste

A chuva perde bastante intensidade e a chuva fica restrita a toda costa leste e norte da região. No litoral sul da Bahia, a aproximação de uma nova frente fria mantém o céu mais nublado e as rajadas de vento variando de moderada à forte intensidade.

No interior nordestino, o tempo firme volta a predominar e as temperaturas sobem no período da tarde.

Norte

A combinação entre calor, umidade e um sistema de baixa pressão atmosférica no norte do Amazonas intensifica a chuva sobre essa área e também entre Porto Velho (RO) e Roraima. Nas demais áreas, também chove, mas de forma mais pontual e pouco volumosa. Tempo firme esperado somente para o leste do Tocantins.

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola.

Veja Mais
Destaques da Economia (16 a 20/11): Anvisa aprova medidas para acelerar registro de vacina, dólar acumula queda na semana
Economia: Dólar engata queda ante real com otimismo sobre vacina e BC no radar
Economia: EUA são deixados para trás após Ásia formar maior bloco comercial do mundo, diz Câmara de Comércio local
Fatores Climáticos: Confira a previsão do tempo para esta segunda e terça-feira
Fatores Climáticos: volume de chuva aumenta em parte do país neste fim de semana

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo