Café – Balanço Semanal: Chuvas trazem alívio ao produtor, porém, liquidez é baixa para arábica e robusta

  • 22/10/2020
  • 1
  • Categoria(s): Mercado do Café |

Cotação do Café

A última semana foi de chuvas na maior parte das regiões brasileiras produtoras de café arábica, mas o volume foi menor que o ideal em algumas praças. Mesmo assim, de acordo com o Cepea, as precipitações trouxeram certo alívio para parte dos cafeicultores, visto que ajudam na recuperação das lavouras debilitadas e devem induzir novas – e significativas – floradas da safra 2021/22. Chuvas também foram registradas nos principais estados produtores de café robusta: Espírito Santo e Rondônia. Confira também como ficaram as cotações:


Patrocinado

Café Brasil

A falta de chuvas nas plantações de café do Brasil foi motivo de preocupação para os produtores nos últimos dias. No entanto, agentes do Cepea relataram a incidência de precipitação tanto nas áreas do plantio de arábica, como do café conilon, mas as chuvas vieram abaixo do esperado e, portanto, os cafeicultores continuam atentos aos possíveis impactos sobre as lavouras, principalmente com o pegamento dos chumbinhos.

O mercado do café também está atendo ao clima no Brasil, mas compradores e vendedores estão um pouco retraídos dos negócios, o que fez com as operações da semana passada seguissem de forma lenta.

Ainda assim, a cotação do café arábica fechou a semana com variação semanal positiva, subindo 0,2% cotada a R$ 538,88/saca em 16/10. Já o café conilon, teve uma valorização ainda maior, com aumento de 2,06% encerrando a sexta a R$ 402,02/saca.

Nesta nova semana, porém, os indicadores começaram mais baixos. Na terça-feira, 20, o Indicador Cepea do arábica tipo 6, posto na capital paulista, fechou a R$ 531,09/saca de 60 kg, baixa de 1,6% frente à terça anterior, 13.

Para o robusta, a liquidez está relativamente baixa, mas alguns negócios têm sido fechados, devido à alta das cotações. O impulso veio do avanço dos futuros da variedade, que, por sua vez, foram influenciados por fatores técnicos e preocupações quanto ao clima no Vietnã, o maior produtor mundial de robusta. Assim, nessa terça-feira, 20, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 acima fechou a R$ 397,33/sc, elevação de 1,4% frente ao dia 13.

Ainda na semana passada, ocorreu de forma virtual a segunda edição do Fórum Técnico “Café e Clima” pela Cooxupé – Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé. Nele, foram apresentados prognósticos acerca da produção, com os problemas de clima que o sudeste sofreu e no período, mostrando que a produção tende a sofrer muito para a próxima safra.

Segundo dados do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), as exportações de café em setembro foram um recorde histórico, batendo 3,8 milhões de toneladas. 8,6% acima do exportado no mesmo período do ano passado.

Ainda assim, esse valor poderia ser maior, pois um problema decorrente da pandemia foi que, com a diminuição da atividade econômica, houve uma queda no fluxo comercial global e, com isso, está difícil exportar café, pois estão faltando contêineres e navios nos portos para escoar os produtos agrícolas.

Café Mercado Externo

Mesmo com a pandemia, o valor da produção colombiana de café deve bater os 9 trilhões de pesos, mais de 23% de aumento em relação à safra passada. Segunda a Associação Nacional de Exportadores de Café, preços internacionais elevados e desvalorização do peso colombiano foram os responsáveis por esse grande aumento.

As tempestades na Ásia acabaram alarmando o mercado, mas a produção de café robusta no Vietnã não foi afetada. O problema no país é o contrário do visto no Brasil: lá a preocupação é se as chuvas continuarem e, nesse cenário, passarem a prejudicar as plantas.

Os estoques certificados na Bolsa de Nova Iorque cresceram cerca de 20.000 sacas na semana, acréscimo importante em relação ao que foi visto nas últimas semanas. Já os estoque de café conilon caíram, enquanto a oferta também foi reduzida, com uma produção global entre outubro de 2019 e setembro de 2020 2,2% abaixo do mesmo período nos anos anteriores.

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola.

Veja Mais
Café – Balanço Semanal: Após operar em alta boa parte do mês, café tem queda nos últimos dias
Café – Balanço Semanal: Aumento da demanda provoca alta nos preços do café
Café – Balanço Semanal: Com queda no dólar, preço do café recua no Brasil
Café – Balanço Mensal Out/20: Preço do arábica fechou em leve queda, mas café conilon obteve aumentos no último mês
Café – Balanço Semanal: Clima favorece abertura de novas floradas do café arábica

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo