Mercado de Carnes: Preços do boi gordo podem subir ainda mais a partir de novembro, diz consultoria

  • 19/10/2020
  • 1
  • Categoria(s): Mercado de Carnes |

Mercado de Carnes

Oferta de animais restrita e aumento das exportações para a China devem provocar novas elevações nas cotações. Saiba mais:


Patrocinado

Os preços do boi gordo tiveram altas pontuais na última sexta-feira, 16 dependendo da região. De acordo com o levantamento de uma consultoria que atua no mercado de carnes, houve registro de negócios acima das referências em muitas regiões.

 “Apesar da incidência de animais negociados na modalidade à termo e a utilização de confinamento próprio, não há espaço para mudanças contundentes na curva de preços. A expectativa é que o movimento de alta se torne ainda mais agressivo no último bimestre, em linha com um quadro de oferta ainda restrita somado a perspectiva de aumento do volume exportado, uma vez que a China inicia o planejamento de seus estoques para atender a demanda do seu principal feriado, o ano novo lunar”, diz o analista.

Em São Paulo, Capital, os preços do mercado à vista ficaram em R$ 264 a arroba, contra R$ 263 na quinta, 15. Em Uberaba, Minas Gerais, os preços ficaram em R$ 260 a arroba, estáveis. Em Dourados, no Mato Grosso do Sul, os preços ficaram em R$ 256 a arroba, ante R$ 255. Em Goiânia, Goiás, o valor indicado foi de R$ 253 a arroba. Já em Cuiabá, no Mato Grosso, o preço ficou em R$ 246 a arroba.

Atacado

No mercado atacadista, os preços da carne bovina seguem firmes. De acordo com Iglesias, a tendência de curto prazo remete a um menor espaço para reajustes, uma vez que a reposição é tradicionalmente mais lenta durante a segunda quinzena do mês. As exportações mantêm um bom ritmo no decorrer de outubro, ainda um desdobramento do forte ritmo de compras da China.

Com isso, a ponta de agulha seguiu em R$ 14,30 por quilo. O corte dianteiro permaneceu em R$ 14,30 o quilo, e o corte traseiro continuou em R$ 19,30 o quilo.

Câmbio

O dólar comercial encerrou a sessão em alta de 0,33%, sendo negociado a R$ 5,6450 para venda e a R$ 5,6430 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,6000 e a máxima de R$ 5,6490. Na semana, o dólar subiu 2,13%.

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola. 
 
 
Fonte: Canal Rural

Veja Mais
Mercado de Carnes: Fabricar ração na propriedade diminui em 50% o custo da avicultura
Mercado de Carnes: Exportações de carne de frango podem encerrar 2020 em alta
Mercado de Carnes: ABPA diz que é inevitável repassar a alta no custo de produção para o consumidor
Mercado de Carnes: Preços do boi gordo podem subir ainda mais a partir de novembro, diz consultoria
Mercado de Carnes: arroba do boi no indicador do Cepea supera R$ 260 pela primeira vez na história; confira a tendência

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo