Arroz – Balanço Semanal: Preço do arroz apresenta estabilidade, após registrar meses de consecutivos aumentos

  • 15/10/2020
  • 1
  • Categoria(s): Mercado de Arroz |

Cotação do Arroz

O aumento no preço do arroz pago ao produtor no Rio Grande do Sul, já chegou a 111% no comparativo com os negócios de igual período do ano passado. Os indicadores registrados nos últimos meses são recordes históricos para o cereal. Contudo, nesta primeira quinzena de outubro, o mercado desacelerou, operando com valores estáveis, mesmo diante de alguns fatores que ainda mantém a procura aquecida. Confira:


Patrocinado

Arroz Brasil

Mais uma vez, o preço do arroz apresentou comportamento próximo da estabilidade no Rio Grande do Sul. Isso mesmo em meio ao recente anúncio do Governo Federal de suspensão da Tarifa Externa Comum (TEC) em 400 mil toneladas até 31/12/2020 sobre o arroz importado de países fora do bloco do Mercosul. Importante frisar que o volume recém importado, principalmente dos EUA, deverá chegar ao Brasil apenas no final de outubro.

Entre os dias 07 a 14 de outubro, a cotação do arroz manteve exatamente os mesmos indicadores que a semana anterior, não somente no Rio Grande do Sul, mas também em Santa Catarina, Paraná e São Paulo.

Contudo, com o dólar valorizado, em torno de R$5,60, somado ao fato que os preços internacionais também passaram por uma valorização durante a pandemia, o produto importado fora do Mercosul deverá chegar ao Brasil com valores próximos aos atuais. Deste modo, caso a moeda norte-americana continue em altos patamares, essa importação do arroz deverá funcionar mais como uma contenção de um possível maior aumento dos preços.

Para a próxima safra de arroz, a projeção é de significativa expansão de área em meio aos preços reais recordes observados atualmente. Os baixos níveis das barragens ao final da colheita da Safra 2019/20, em abril de 2020, foram recuperadas com os bons índices pluviométricos identificados nos últimos dois meses. Hoje a estimativa é que mais de 80% das barragens estejam cheias.

Segundo o levantamento semanal da Emater-RS, até o dia 08 de outubro 31% do arroz já estava implantado nas lavouras gaúchas, com atraso de 1% perante a safra anterior em igual período, mas 9% mais adiantado que a média de cinco anos que era de 22%. Todo o arroz plantado se encontra em fase de germinação e desenvolvimento vegetativo.

As chuvas de pouca a média intensidade durante a semana prejudicaram o andamento das práticas de plantio de arroz no Rio Grande do Sul. O volume de chuvas ainda não foi suficiente para atingir os níveis ideais de acumulação em açudes e barragens na Campanha e Fronteira Oeste.

Arroz Mercado Externo

O relatório de outubro de oferta e demanda do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), divulgado na última sexta-feira (9), estimou a produção mundial de arroz beneficiado em 501,47 milhões de toneladas para 2020/21, ante 499,58 milhões no mês anterior. Para 2019/20, foi estimada safra de 495,78 milhões de toneladas. As exportações mundiais de arroz beneficiado foram estimadas em 44,32 milhões de toneladas para 2020/21, ante 44,50 milhões no mês passado. A estimativa para o consumo é de 499,44 milhões de toneladas de beneficiado para 2020/21, ante 496,42 milhões de toneladas indicadas no mês anterior.

Baseado nas estimativas de produção, exportação e consumo, os estoques finais mundiais de arroz beneficiado na temporada 2020/21 foram previstos em 179,15 milhões de toneladas, ante 184,83 milhões de toneladas no relatório passado. Para 2019/20, foram estimados estoques de 177,11 milhões de toneladas.

Com relação as cotações, os contratos futuros de arroz negociados na Bolsa de Chicago abriram essa semana apresentando queda. Na variação semanal, os indicadores recuaram entre 1,03% a 1,82% no período de 06 a 14 de outubro.

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola.

Veja Mais
Arroz – Balanço Semanal: Rio Grande do Sul retoma ritmo de negócios, mas preços continuam estáveis
Arroz – Balanço Semanal: preço do arroz se estabiliza após seguidos meses de alta
Arroz – Balanço Semanal: Preço do arroz apresenta estabilidade, após registrar meses de consecutivos aumentos
Arroz – Balanço Mensal: Arroz operou acima dos R$ 100/saca durante todo o mês de setembro, média mensal subiu 32%
Arroz – Balanço Semanal: Distanciamento de compradores, provoca estabilização no preço do arroz

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo