Estoque de carne suína na China pode estar no fim

  • 23/09/2020
  • 2
  • Categoria(s): Mercado de Carnes |

Mercado de Carnes

A China está quase esgotando suas reservas de carne suína congelada, de acordo com novas estimativas da consultoria britânica Enodo Economics. O nível das reservas é um segredo de estado na China, mas segundo a empresa, com sede em Londres e focada na China, estima-se que as reservas caíram cerca de 452.000 toneladas entre setembro de 2019 e agosto deste ano.


Patrocinado

Segundo reportagem do Financial Times, a China tem menos de 100.000 toneladas de reservas restantes de carne suína, diz a economista-chefe da Enodo, Diana Choyleva. “Nesse ritmo, dentro de dois a três meses eles estarão sem estoques”, acrescentou ela. Os números corroboram os comentários do adido agrícola dos EUA em Pequim em um relatório recente sobre pecuária na China, que observou que “as reservas de carne suína podem se esgotar no terceiro trimestre de 2020”.

O país relatou seu primeiro caso de peste suína africana em 2018, dizimando uma grande parcela de seu rebanho. Em resposta, a China vem importando grandes volumes de carne e vendendo suas reservas no mercado interno para tentar conter os preços. As reservas de carne suína atuam para estabilizar os preços elevados, em vez de substituir a oferta restrita. O declínio nas reservas significa que a “capacidade de Pequim de intervir diretamente no mercado de carne suína será mais limitada no segundo semestre de 2020 e em 2021”, alertou o relatório do USDA.

A escassez forçou a China a importar quantidades recordes de carne neste ano dos principais produtores, incluindo os EUA, apesar da pressão do presidente Xi Jinping por maior autossuficiência agrícola. O país é o maior consumidor de carne do mundo. Nos últimos cinco anos, a demanda anual média da China por carne suína foi de cerca de 50 milhões de toneladas, de acordo com dados do USDA.

Os produtores chineses, atraídos pelos altos preços da carne suína, buscam recompor os plantéis. Mas o longo ciclo produtivo e casos de PSA em torno do país são um entrave. Na semana passada, a China proibiu as importações de carne suína da Alemanha, onde a peste suína havia sido descoberta recentemente, para “proteger a indústria da pecuária e prevenir a propagação da doença”.

 

Fonte: Canal Rural.

Veja Mais
Mercado de Carnes: Fabricar ração na propriedade diminui em 50% o custo da avicultura
Mercado de Carnes: Exportações de carne de frango podem encerrar 2020 em alta
Mercado de Carnes: ABPA diz que é inevitável repassar a alta no custo de produção para o consumidor
Mercado de Carnes: Preços do boi gordo podem subir ainda mais a partir de novembro, diz consultoria
Mercado de Carnes: arroba do boi no indicador do Cepea supera R$ 260 pela primeira vez na história; confira a tendência

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo