Transporte de Cargas: Transporte de grãos nas ferrovias do Paraná cresce 128% no primeiro semestre

  • 09/07/2020
  • 1
  • Categoria(s): Notícias Agrí­colas |

Transporte de Cargas

As ferrovias do Paraná transportaram 128% mais grãos no primeiro semestre deste ano em comparação ao mesmo período de 2019. “Mesmo num cenário adverso por causa da pandemia, os resultados estão sendo alcançados. É um compromisso do governador do Estado em dar mais velocidade na logística a um custo razoável e num menor tempo para que a região Oeste tenha mais competitividade no escoamento da safra”, avaliou o Secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex. Veja mais:

A movimentação do Oeste do Paraná até o Porto de Paranaguá no litoral do estado movimentou 303 milhões de toneladas úteis contra 133,2 milhões de toneladas nos seis primeiros meses do ano passado.

Também foi registrado que o percurso do Oeste até Paranaguá reduziu de 16 dias e meio para nove dias e meio, sendo que o objetivo do Governo do Paraná é estabilizar o prazo em oito dias.

“Mesmo num cenário adverso por causa da pandemia, os resultados estão sendo alcançados. É um compromisso do governador do Estado em dar mais velocidade na logística do setor agrícola a um custo razoável e num menor tempo para que a região Oeste tenha mais competitividade no escoamento da safra”, avaliou o Secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex.

O Governo do Paraná aponta a parceria público privada entre a Ferroeste (Estrada de Ferro Paraná Oeste S.A.) e a Rumo Logística como um dos principais fatores para esses números.

“Este acordo com a Rumo foi uma decisão meramente administrativa, sem custos para o Estado. Seis meses depois estamos colhendo os resultados, apesar da pandemia. Os números devem melhorar ainda mais”, explicou o governador Carlos Massa Ratinho Júnior.

Segundo o Chefe da Casa Civil, Guto Silva, o Governo do Paraná tem o objetivo de privatizar a Ferroeste até o final de 2021 por meio do Programa de Parcerias de Investimentos do Governo Federal.

O executivo estadual ainda aguarda o resultado de Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental para a construção de uma nova ferrovia com 1.371 quilômetros de extensão entre Maracaju (MS) e Cascavel, com integração de um trecho intermodal entre Foz do Iguaçu e Cascavel.

A expectativa é que esse novo corredor possibilite o transporte de 50 milhões de toneladas de cargas, com ligações entre Cascavel, Guarapuava e Paranaguá.

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola.

 

Fonte: Paraná Portal

Veja Mais
Fertilizantes: Brasil importa cerca de 1 milhão de toneladas de nitrato de amônio por ano; controle é feito pelo Exército
Exportação de Grãos: Portos paranaenses registram aumento de 14% nas exportações
Melhoramento Genético: Pesquisadores estudam melhoramento vegetal para produção de lúpulo na região centro-sul do Paraná
Defensivos Agrícolas: Ingrediente ativo de herbicida utilizado nos EUA e Austrália é registrado no Brasil.
Agronegócio Brasileiro: China tem planos de investimentos para o agro no Brasil

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo