Derivados de Milho: Em época de quarentena, primeiros dias de julho operam atípicos para o mercado interno dos derivados

Derivados de milho

A pandemia do coronavírus levou os consumidores a prezarem por produzir seus próprios alimentos em casa, consumindo produtos mais energéticos e de menores custos. Esse movimento fez o setor varejista optar também pela estocagem, o que aumentou as vendas dos derivados de milho essenciais. Porém, em meses de festas juninas e julinas as vendas melhoraram somente para a indústria, pois como as concentrações populares não aconteceram, a opção aos mercados foi de tornar as gondolas mais decorativas ainda, deixando os produtos mais atrativos, influenciando na sua saída. Confira:



















Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo