Café - Balanço Mensal: Após forte queda em março, preço do arábica fecha com ganho mensal de R$ 30/saca

  • 07/05/2020
  • 1
  • Categoria(s): Mercado do Café |

Mercado do Café

As medidas de isolamento social para conter a disseminação do coronavírus, provocaram uma redução no consumo do café, afetando drasticamente o preço do grão em março. Porém, uma maior atividade no último mês, associada à queda na disponibilidade do grão no mercado doméstico e o preço elevado do dólar, manteve os índices em patamares equilibrados, resultando em uma alta de 5% na média mensal. Confira como fechou o balanço do último mês:

Café Arábica

A cotação do café arábica fechou o último dia 30/04 a R$ 573,02/saca apresentando um recuo de 1,42% na variação mensal. Porém, a média de preço praticado em abril ficou em R$ 584,56/saca com aumento de 5,08% ante o mês de março, cuja média havia ficado em R$ 556,28/saca, ou seja, uma valorização de quase R$ 30/saca em um mês.

Embora o mercado tenha sinalizado recuo nos últimos dias, os preços operaram maior parte do mês dentro da estabilidade, pois mesmo o mercado sinalizado ainda uma queda na demanda, provocada pela pandemia do coronavírus, o preço do dólar elevado, manteve as cotações do café brasileiro em patamares equilibrados.

Neste início do mês de maio os preços já se mostraram com maior tendência de valorização, mas ainda é cedo para dar uma preliminar de como o mercado irá se comportar nos próximos dias, uma vez que a colheita de café no Brasil começa a ganhar força a partir do mês atual.

Café Conilon

O preço médio praticado no último mês na saca do café robusta foi de R$ 331,60 com alta de 3,37% comparado com a média de R$ 320,77 de março.

Na variação mensal, a cotação ficou valendo R$ 335,13/saca no dia 30/04 apresentando avanço de 2,48% na variação mensal.

Esse cenário visto no preço do café conilon, foi fundamentado em virtude do acompanhamento dos índices do café no mercado externo, que apresentou bom desempenho na Bolsa de Londres.

O retorno ainda lento, das atividades econômicas em diversos países, aumentou a procura do grão, especialmente na segunda quinzena de abril, impactando positivamente as negociações do café conilon.

Café Mercado Externo

Mesmo com diversos países retornando as atividades, pós-período de isolamento social horizontal, os efeitos negativos da pandemia do coronavírus sobre a economia mundial têm deixado os agentes da cadeia do café preocupados.

O reflexo disso já se faz sentir nas negociações dos contratos do café arábica na bolsa de Nova Iorque, onde as cotações recuaram com grande força na segunda quinzena de abril. Ressalta-se que, mesmo com uma melhora nas vendas nos últimos dias, há ainda uma preocupação entre os agentes do mercado do café, de que ocorra uma queda no consumo do produto em nível mundial, trazendo consequências indesejáveis para toda a cadeia e, em especial, para os produtores mundiais.

Outros fatores importantes pesaram contra as cotações do café arábicas no mercado externo, tais como o início da colheita da safra de café no Brasil, considerada pela maioria dos agentes como sendo recorde, podendo, na avaliação deles superar inclusive o montante produzido em 2018. Ademais, a queda dos preços do petróleo também influenciou de forma negativa na formação dos preços da commoditie, que finalizou o mês apresentado uma retração de 2,47% na variação mensal, que saiu de US$ 119,55/lp, registrado no período anterior (31/03), para o valor de US$ 116,60/lp no dia 30/04.

A boa performance da bolsa Liffe de Londres deveu-se basicamente a movimentos de correção técnica com cobertura de posições vendidas por parte dos fundos e especuladores.

Veja Mais
Café – Balanço Semanal: Chuvas trazem alívio ao produtor, porém, liquidez é baixa para arábica e robusta
Café – Balanço Semanal: Preço do café opera com grande volatilidade na primeira quinzena de outubro
Café – Balanço Mensal: Cotação do arábica encerrou com 11% de perdas em setembro
Café – Balanço Semanal: Produção de Café 2020/21 deverá ser elevada no Brasil
Café – Balanço Semanal: Preço do café arábica já acumula 12% de queda no mês de setembro

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo