Destaques da Economia Brasileira (de 17/02 a 21/02/20)

  • 21/02/2020
  • 0
  • Categoria(s): Notícias Agrí­colas |

Economia Brasileira

Durante a semana os destaques estiveram ao redor do anuncio do Banco Central em relação as novas medidas que se forem efetivas, irão injetar cerca de R$ 135 bilhões na economia brasileira. Outro fator divulgado foi a produção recorde de petróleo no mês de janeiro, divulgada pela ANS e também, sobre o aumento de 3% no preço dos combustíveis por parte da Petrobrás. Confira o balanço semanal da economia brasileira:

Economia Brasileira

BC planeja injeção de R$ 135 bi na economia: O Banco Central anunciou duas medidas que, juntas, representam a liberação de R$ 135 bilhões no sistema bancário. A primeira medida é a redução da alíquota de recolhimento compulsório – um recolhimento realizado pelo Banco Central de parte dos recursos dos clientes depositados nos bancos – sobre recursos a prazo, de 31% para 25%. A segunda medida diz respeito à redução da parcela dos recolhimentos compulsórios considerados no Indicador de Liquidez de Curto Prazo dos bancos, que determina que as instituições devem manter uma reserva mínima de ativos líquidos. Os recursos poderão ser usados pelos bancos para a realização de mais operações de crédito a empresas e famílias, por exemplo, caso as instituições decidam fazer isso, o que irá aquecer a economia brasileira.

Produção nacional de petróleo bate recorde: De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis, a produção nacional de petróleo e gás ultrapassou em janeiro, pela primeira vez na história, a marca de 4 milhões de barris por dia. O país produziu diariamente o equivalente a 3,1 milhões de barris de óleo e 138,7 milhões de metros cúbicos de gás natural, volumes que representam alta de 1,99% e 0,71%, respectivamente, com relação ao registrado em dezembro passado. Na comparação com o mesmo período do ano anterior, a produção de janeiro cresceu 20,4%. No mês, houve recordes tanto na produção de petróleo quanto na de gás.

Vale tem prejuízo de US$ 1,7 bi em 2019: A mineradora brasileira Vale registrou um prejuízo de US$ 1,68 bilhão em 2019 – ano marcado pela tragédia com sua barragem em Brumadinho, Minas Gerais, que deixou 270 mortos e um rastro de destruição ambiental –, revertendo lucro de US$ 6,86 bilhões de 2018. Além disso, como parte da produção precisou ficar paralisada por conta de Brumadinho, a companhia viu sua produção encolher 21,5% no ano e acabou perdendo o posto de maior produtora de minério de ferro para a rival Rio Tinto.

Petrobras aumenta preço da gasolina em 3%: A Petrobras anunciou que vai aumentar em 3% os preços da gasolina nas suas refinarias e bases, o que representa um aumento médio de R$ 0,0512 por litro. O preço do diesel permanecerá igual. Segundo a estatal, a definição do custo dos combustíveis seguirá a flutuação do mercado internacional. O reajuste mais recente feito pela Petrobras havia sido no dia 6 de fevereiro, quando a companhia reduziu os preços dos litros de gasolina em R$ 0,0756 e de diesel em R$ 0,0917. O repasse para o consumidor final nos postos dependerá de fatores como impostos, margens de distribuição e revenda e mistura de biocombustíveis.

Agronegócio e Balança Comercial

A Secex informou por meio do seu relatório semanal da balança comercial de que o agronegócio destinou ao mercado externo na 2ª semana de fevereiro um total de:

  • 707,4 mil sacas de café em grãos (queda de 6,82% comparada com a semana anterior);
  • 935,3 mil toneladas de soja em grãos (queda de 5,80% ante a semana anterior);
  • 182,6 toneladas de açúcar em bruto (queda de 28,58% ante a semana anterior);
  • 115,1 mil toneladas de milho em grãos (queda de 18,62% comparada com a semana anterior).

A média das exportações da 2ª semana chegou a US$ 762,4 milhões, 17,1% abaixo da média de US$ 919,7 milhões da 1ª semana, em razão da queda nas exportações das três categorias de produtos: semimanufaturados, manufaturados e básicos, este último que apresentou queda de -5,9%, de US$ 464,5 milhões para US$ 437,3 milhões, por conta de minério de ferro, carnes de frango, bovina e suína, minério de cobre, fumo em folha, café cru em grão.

Ainda assim, na análise da primeira quinzena do mês de fevereiro, as exportações, comparadas as médias até a 2ª semana de fevereiro/2020 (US$ 841,1 milhões) com a de fevereiro/2019 (US$ 786,9 milhões), houve crescimento de 6,9%, em razão do aumento nas vendas de produtos básicos (+13,6%, de US$ 397,0 milhões para US$ 450,9 milhões, por conta de petróleo em bruto, algodão em bruto, carnes bovina, suína e de frango, minério de cobre, desperdícios e resíduos de ferro ou aço).

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola.

Veja Mais
Melhoramento Genético: genoma do algodão resultará em fibras mais fortes
Fique por dentro! 5 assuntos importantes para começar a segunda-feira bem informado
Defensivos Agrícolas: Ministério da Agricultura anuncia produtos técnicos à serem usados na formulação de agrotóxicos
Destaques da Economia Brasileira (23 a 27/03): Dólar volta a subir com aversão ao risco no exterior. Coronavírus já matou 30 mil pessoas no mundo
Agricultura de Precisão: Setor de máquinas agrícolas já sente impactos econômicos com queda na demanda

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo