Arroz – Balanço Semanal: Com incertezas no plantio da safra 2019/20, arroz permanece com preços firmes

  • 11/11/2019
  • 3
  • Categoria(s): Mercado de Arroz |

Cotação do Arroz

Os preços do arroz iniciaram o mês de novembro se mantendo firmes. Entre o período de 04 a 08 de novembro os indicadores do Esalq/Senar-RS apresentaram uma valorização de 0,13% na média semanal. O atraso no plantio do arroz, provocado pelo grande volume de chuvas no Rio Grande do Sul, vem causando incertezas no mercado. Além disso, o período de entressafra acabou fortalecendo mais ainda as cotações. Confira:

Cotação do Arroz no Brasil

Na última semana a cotação do arroz no Rio Grande do Sul operou em média R$ 44,98/saca com alta de apenas 0,20% comparado com a semana anterior, cujo índice era de R$ 44,80/saca paga ao produtor. Em Santa Catarina os índices chegaram a ter uma leve valorização no decorrer da semana, sendo cotados em R$ 43,96/saca na quinta (07/11), mas fechou a sexta-feira (08/11) valendo R$ 43,47/saca com nenhuma mudança na variação semanal.

Já no Paraná, o mercado do arroz acabou registrando uma valorização de 2,60% na variação semanal, com os índices valendo R$ 64,15/saca no encerramento da semana.

No Cepea, porém, houve desvalorização de 0,60% no preço da última sexta (08) R$ 46,37/saca quando comparado com o dia 1º de novembro, onde o índice registrou a cotação de R$ 46,65/saca. No comparativo de preço médio semanal, o preço do arroz ficou em R$ 46,46/saca no período de 04 a 08/11 apresentando estabilidade, com uma leve alta de 0,13% comparado com a média da semana anterior.

TABELA AF NEWS COTAÇÃO DO ARROZ NO BRASIL

TABELA AF NEWS COTAÇÃO SEMANAL DO ARROZ NO CEPEA

Essa valorização no arroz teve inicio em outubro e está se mantendo no mês de novembro, tem sido causada por fortes influências na disponibilidade de oferta do produto no período de entressafra e também, pelas incertezas causadas nas condições climáticas do maior estado produtor de arroz do Brasil, o Rio Grande do Sul.

Desde o final de outubro, o grande volume de chuvas nas regiões produtoras de arroz no RS não tem colaborado para o trabalho de plantio do arroz. De acordo com o IRGA (Instituto Rio Grandense do Arroz), até o dia 1º de novembro, apenas 54,9% da área prevista na safra 2019/20 havia sido plantada, com atraso de quase 15% ante o ano anterior, tendo em vista que neste mesmo período em 2018, cerca de 70% do arroz já estava semeado.

Apesar do atraso no plantio, o que causa incertezas de como será os próximos dias se as chuvas permanecerem, o único lado bom neste sentido, é que os reservatórios de água estão bem abastecidos para que haja irrigação o suficiente para a produção do arroz.

Este ano houve uma redução de área de plantio de arroz no Rio Grande do Sul, passando de 1.007.501 ha plantados na safra 2018/19 para atuais 946.326 ha.

Esta queda foi provocada especialmente pela pouca rentabilidade que os arrozeiros tiveram nos últimos anos. Considerando que em 2003 o preço da saca de 60 kg era de R$ 42,00 e passados 16 anos, em 2019 algumas regiões tem operado com índices em torno de R$ 43,50/saca e, desanimados com o preço pago, alguns produtores optaram por trocar de cultura nesta safra de verão.

Arroz Mercado Externo

O USDA divulgou na última sexta (08) que a nova estimativa da produção de arroz da Safra 2019/20 será de 491,79 milhões de toneladas praticamente sem mudanças comparado com a estimativa do relatório WASDE de outubro.

Já com a soma dos estoques finais que totaliza a quantidade de arroz ofertado no mercado global ficou em 662,72 milhões de toneladas, com alta de 0,21%.

A China teve suas projeções mantidas em 351,76 milhões de toneladas produzidas, enquanto que Índia passou de 114 milhões de toneladas na previsão de outubro, para atuais 115 milhões de tons. Houve alta também nos estoques finais, que passaram de 26,3 milhões de tons (out/19) para atuais 29,02 milhões de toneladas no relatório de oferta e demanda de nov/19.

A Thailândia se manteve com os mesmos 20,5 milhões de toneladas da safra 2019/20. O Brasil não sofreu alteração nos dados, portanto, a estimativa na produção de arroz segue em 7,14 milhões de toneladas para a safra de arroz 2019/20. Os estoques finais ficaram em 0,37 milhões de tons.

Com relação as cotações, a CBOT registrou uma valorização de 0,64% na variação semanal dos contratos de nov/19 com o preço da saca valendo US$ 11,80. Todos os contratos fecharam com ganhos. Confira:

TABELA AF NEWS COTAÇÃO SEMANAL DO ARROZ NA CBOT

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola.

 

Veja Mais
Arroz – Balanço Semanal: Com demanda aquecida, preços seguem em alta
Arroz – Balanço Mensal: Novembro registra o melhor preço médio praticado no arroz em 2019
Arroz – Balanço Semanal: Condições climáticas favoráveis contribuem para o avanço do plantio no Rio Grande do Sul
Arroz – Balanço Semanal: Com incerteza no clima, cotação do arroz segue firme
Arroz – Balanço Semanal: Com incertezas no plantio da safra 2019/20, arroz permanece com preços firmes

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo