Dia do Trigo: curiosidades sobre um dos cereais mais consumidos no mundo

  • 07/11/2019
  • 7
  • Categoria(s): Notí­cias Populares |

farinha de trigo

Você sabia que o trigo, por ser um cereal tão presente na mesa dos brasileiros através de diversos tipos de alimentos, ganhou um dia específico no calendário nacional pra chamar de seu? Pois é, para começo de conversa, saiba que o trigo é pré-histórico. Registros dão conta que este cereal é cultivado desde o período Neolítico, há pelo menos 10 mil anos. Existem provas arqueológicas de que seu consumo já era comum há sete mil anos.

Agora, as perguntas que não querem calar:  você sabe a origem deste alimento? E os benefícios à saúde? Se a sua resposta for  ‘Não’, te convido a  continuar a leitura para conferir  a seguir algumas curiosidades que elencamos neste conteúdo especial,  que nada mais é que um prato cheio para antecipar a celebração do “Dia do Trigo”, comemorado em 10 de novembro.

História do trigo

Já vimos anteriormente que a origem do trigo é bastante remota. A região em que o cereal começou a ser cultivado era denominada de Crescente Fértil , que   geograficamente, compreende em extensão territorial o atual Egito ao Iraque.

Os grãos de trigo eram preparados até formar uma espécie de papa, que se misturava a castanhas, frutas, peixes e água para ser degustada.

Da Mesopotâmia, o trigo se espalhou pelo mundo. No Brasil, foi trazido por Martim Afonso de Souza, no período colonial, em 1534. O trigo desembarcou no Brasil na capitania de São Vicente, que mais tarde, em setembro do mesmo ano, passou a ser chamada de Capitania Hereditária de São Vicente, a primeira vila brasileira.

A palavra portuguesa trigo veio do latim “triticum”. De cara, o cereal não se adaptou ao clima quente, o que dificultou sua expansão. Relatos retirados das cartas dos colonizadores mostram registros da escassez do trigo e reclamações de que os pães eram preparados com farinha de mandioca.

Somente  da  metade do século XVIII em diante é que o desenvolvimento da cultura do trigo começou a ganhar força, no Rio Grande do Sul. Contudo, no século XIX, a ferrugem dizimou os trigais, e o plantio só foi retomado no século seguinte.

O trigo é uma gramínea da família Poaceae, da qual fazem parte a aveia, a cevada, o centeio e o arroz. Embora pareça estranho, tanto o trigo quanto o arroz são parentes da grama, a  mesma que  comumente  vemos em jardins.

O joio é uma planta da mesma família Poaceae e é também chamado de “falso trigo”. Se for colhido e processado junto do trigo, pode comprometer a qualidade do produto. É por isso que o ditado popular  “devemos separar o joio do trigo” faz todo sentido.

Alguns especialistas contabilizaram  cerca de 12 mil variedades de trigo existentes no globo, mas outros vão além de 30 mil variedades.

A cultura agrícola do trigo é a segunda maior do mundo, atrás apenas do milho. É o segundo tipo de alimento mais consumido do planeta, perdendo apenas para o leite e seus derivados (queijos, iogurtes, etc).

Atualmente, existem duas espécies de trigo que possuem importância comercial: a Triticum durum (do qual se fabrica o “grano duro”) e a Triticum aestivum (o trigo comum, cuja variedade é bem maior).

O gérmen de trigo é parte nobre do grão do trigo (o seu embrião, a parte germinativa da planta). É amplamente  utilizado como suplemento alimentar.

Mais sobre o gérmen de trigo: ele é largamente consumido como óleo. O óleo de gérmen de trigo é comercializado em cápsulas e considerado uma importante fonte de vitamina E.

Considerado um dos alimentos mais importantes da dieta humana, o cereal trigo é ótimo para fornecer energia para o corpo, pois é rico em carboidratos. 

Ele também tem fibras, sais minerais como o magnésio e zinco, além de vitaminas E e do complexo B, além de liberar a serotonina, um neurotransmissor que atua no cérebro regulando o humor, sono, apetite, ritmo cardíaco, temperatura corporal e a sensibilidade a dor.

Quando deixamos de consumir carboidratos como a farinha, ficamos mais suscetíveis a problemas de saúde, começando pelo mau hálito, dores de cabeça e tremores.

Entretanto, mesmo com seus benefícios, o consumo de trigo em excesso pode trazer malefícios.  Isto porque pode acarretar em acúmulo de gordura, fazendo aumentar o peso e por consequência diminuindo o metabolismo. Ele também pode gerar problemas como a diabetes, hipertensão e outros.

No trigo, assim como em outros cereais, existe o glúten. Apesar da fama de vilão, o glúten não costuma ser algo ruim para a maioria das pessoas. Porém, para quem tem algum tipo de  intolerância ao glúten ou  que tenha doença celíaca, o ideal é ficar bem longe para evitar crises.

A farinha de trigo integral é a mesma farinha que você consome, com a diferença de que não passa por processos de beneficiamento, mantendo a sua característica original.

Cerca de 50% do trigo consumido no Brasil é usado na fabricação de pães.

O pãozinho, seja o da padaria ou o industrializado, está na mesa de 98,7% dos lares brasileiros, mesmo na crise, segundo dados de uma pesquisa da Abimapi (Associação das Indústrias de Biscoitos, Pães e Bolos).

O farelo de trigo é a parte externa do grão (a película). É consumido para eliminar as toxinas do organismo e ajudar no bom funcionamento do intestino e reto.

 Trigo na cerveja

Uma bebida que ganhou o paladar de muita gente. A cerveja de trigo foi uma das primeiras a serem criadas, sabia disso? E dizem que a descoberta foi acidental.  Historicamente existem relatos  de que o trigo era armazenado em vasos durante a colheita, logo no início do desenvolvendo das primeiras técnicas de cultivo de grãos.

Pois bem, um belo dia,  sem querer, um grupo de agricultores esqueceu alguns dos vasos ao relento. Veio a chuva e com ela os grãos de trigo passaram pelo processo da germinação. Depois o sol  secou e a chuva novamente molhou, essa alternância de clima favoreceu o início ao processo de fermentação.

E aí, conhecia essas curiosidades sobre o trigo? Já que falamos tanto deste cereal, que tal comemorar a tradicional data com um bom prato à base do cereal, hein? Um pãozinho na chapa é uma boa pedida para começar o dia. Depois uma massa fresca no capricho é o que se pode chamar de prato cheio, propício para o cardápio do 'Dia do Trigo'.

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola. 

 

Veja Mais
Soja tem surtos de Helicoverpa armigera já no início do desenvolvimento da safra 19-20
Dia do Trigo: curiosidades sobre um dos cereais mais consumidos no mundo
Esperanças de um acordo comercial alimentam alta nos principais índices de Wall Street
Ponto de Vista: saudabilidade e sustentabilidade, gatilhos da tendência global da indústria de alimentos sob a ótica do presidente da ABIMAPI
Reação mercado de ações da China: índices caem pressionados por dúvidas sobre finalização da primeira fase do pacto com os EUA

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo